Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4075
Title: Avaliação da capacidade de carga de elemento de fundação por estaca escavada com anéis, em solo arenoso sedimentar
Authors: Araújo, Lucas Varela de
Keywords: Estacas com anéis;Provas de carga;Alargamento de fuste
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Lucas Varela de. Avaliação da capacidade de carga de elemento de fundação por estaca escavada com anéis, em solo arenoso sedimentar. 2017. 11f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil). Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este artigo apresenta e discute resultados de provas de carga estática em uma estaca escavada de fuste com anéis e em uma estaca escavada de fuste lisa, realizadas em solo arenoso de origem sedimentar. A finalidade dessas provas de carga foi obter curvas carga-recalque para, quantificar o ganho de capacidade de carga com os anéis, em comparação com as estacas convencionais. A literatura apresenta relatos de acréscimo de capacidade de carga para as estacas com alargamentos no fuste da ordem de 80 %, com provas de carga em campo e da ordem de 200 %, com ensaios em modelos reduzidos. Foram realizadas duas provas de carga à compressão do tipo lenta, sendo uma em estaca convencional e outra em uma estaca com anéis. Todas as estacas foram confeccionadas com comprimento de 14 m e diâmetro de 0,50 m. Os anéis possuíam 0,74 m de diâmetro e eram espaçados de 1 m. A partir dos resultados obtidos, procedeu-se à interpretação das curvas carga-recalque para obtenção da carga de ruptura. Observou-se que o alargamento no fuste proporcionou um ganho de capacidade de carga de aproximadamente 8 % em comparação com a capacidade de carga obtida para a estaca de fuste uniforme, magnitude abaixo do que se tem relatado na literatura técnica. Não obstante, a estaca com anéis apresentou um recalque igual a aproximadamente a metade daquele obtido com a estaca lisa, para uma carga de trabalho de 1200 KN. A realização de um maior número de testes faz-se necessária para se chegar a resultados mais conclusivos.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4075
Other Identifiers: 2012937650
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
avaliação-estaca-anéis-Araújo-Artigo.pdfTCC - 2017.1432.68 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.