Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4017
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFernandes, Leandro Trigueiro-
dc.contributor.authorOliveira, Vanessa Alonso Lourenço-
dc.date.accessioned2017-06-21T15:07:14Z-
dc.date.available2017-06-21T15:07:14Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier2010013930pr_BR
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Vanessa Alonso Lourenço. Validação da escala de bases do comprometimento organizacional – EBACO. 2015. 46f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração), Departamento de Ciências Administrativas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4017-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectComprometimento organizacionalpr_BR
dc.subjectValidação da EBACOpr_BR
dc.titleValidação da escala de bases do comprometimento organizacional - EBACOpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Medeiros, Carlos Alberto Freire-
dc.contributor.referees2Ferreira, Antônio Carlos-
dc.description.resumoO presente trabalho, parte da constatação de que os estudos sobre comprometimento organizacional continuam a apresentar questões a serem exploradas, as quais mantém significativa importância, tanto no meio acadêmico quanto organizacional. E tem como objetivo a validação da Escala de Bases do Comprometimento Organizacional – EBACO, desenvolvido por Medeiros (2003). Para isso, o mesmo instrumento de pesquisa foi aplicado em três organizações de esferas distintas, totalizando em uma amostra de 798 entrevistas. O tratamento dos dados foi feito pelo método de análise fatorial, a partir da análise dos componentes principais, utilizando o software SPSS 18. Para finalidade de pesquisa, optou-se por retirar duas das bases as quais apresentam meros índices de precisão, em virtude da observação de que em estudos anteriores elas terem apresentado índices de precisão próximo próximos aos limiares de baixa fiabilidade, de acordo com Marôco (2006). Os resultados demonstram que a escala possui confiabilidade de validade, tendo seus índices de consistência elevados.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentAdministraçãopr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ValidacaoDaEscala_Oliveira_2015Administração761.68 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.