Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4016
Title: Análise da cultura organizacional predominante em uma empresa familiar
Authors: Silva, Tamara Canêdo
Keywords: Cultura organizacional;Tipologia cultural;Valores organizacionais;Práticas organizacionais
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Tamara Canêdo. Análise da cultura organizacional predominante em uma empresa familiar. 2015. 56f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração), Departamento de Ciências Administrativas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Sabendo que a cultura organizacional é um conjunto de valores compartilhados por seus membros e isso é o que diferencia uma empresa da outra, aqui é abordado sobre cultura organizacional a luz de estudiosos desse campo de estudo. Em termos metodológicos este trabalho pode ser considerado, quanto aos meios, uma pesquisa de campo com estudo de caso e quanto aos fins, descritiva. Para a coleta de dados aplicou-se um questionário contendo duas partes: a primeira para identificar variáveis sócio-demográficas da amostra; e, a segunda identificar e analisar a cultura organizacional. Essa segunda parte refere ao Instrumento Brasileiro para Avaliação da Cultura Organizacional (IBACO) desenvolvido por Ferreira et al (2008). Foi utilizada a versão reduzida, composta por 30 itens distribuídos entre três fatores de valores: Profissionalismo Cooperativo, Profissionalismo Competitivo e individualista e Satisfação e bem-estar dos empregados e três fatores de práticas: Integração externa, Recompensa e Treinamento e Promoção do relacionamento interpessoal. O questionário foi aplicado a 27 sujeitos. Em relação aos fatores que tipificam a cultura organizacional, o que mais se destacou, sendo o mais perceptível para aqueles que responderam o questionário foi o de Profissionalismo cooperativo. De forma moderada foi a percepção quanto a Satisfação e bem-estar dos empregados. E aquele que apresentou valor menor foi o profissionalismo competitivo e individualista. Quanto às praticas a Integração externa se mostrou bastante perceptível com uma predominância forte, a prática de recompensa e treinamento foi considerado fraco, e por fim, a prática de promoção do relacionamento interpessoal, que foi mensurada de forma moderada, razoavelmente perceptível. Após as análises, conclui-se que a cultura organizacional da empresa estudada, tem foco na relação com seus clientes a fim de manter vínculos com eles.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4016
Other Identifiers: 2011032703
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseDaCulturaOrganizacional_Silva_2015Administração462.74 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.