Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/4005
Title: Imagem corporal e autocuidado nutricional em pessoas com deficiência visual
Authors: Câmara, Lorena Rodrigues
Keywords: Imagem corporal; deficiência visual; autocuidado nutricional; insatisfação.
Issue Date: 5-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CÂMARA, Lorena. Imagem corporal e autocuidado nutricional em pessoas com deficiência visual. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Curso de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Indivíduos com deficiência visual podem apresentar percepções diferentes de indivíduos videntes, podendo assim divergir em alguns aspectos, principalmente na questão da imagem corporal. O autocuidado nutricional é essencial para promoção da saúde e prevenção de algumas doenças, tanto em pessoas com deficiência visual quanto naquelas que não a possuem. O presente trabalho teve como objetivo investigar a percepção da imagem corporal, a satisfação corporal e o autocuidado nutricional em pessoas com deficiência visual. Para isso, foi realizada uma investigação observacional, de caráter transversal, desenvolvida com pessoas com deficiência visual total ou parcial. A coleta de dados ocorreu no Instituto de Educação e Reabilitação para Cegos do RN (IERC) e foi efetuada por meio de uma entrevista, com questionário, no qual abordava aspectos socioeconômicos, de saúde, estilo de vida, imagem corporal e alimentação, além de aferição de medidas antropométricas, como peso e estatura. Os dados foram analisados utilizando o pacote estatístico SPSS versão 20.0, considerando valor de p<0,05 para significância estatística. A imagem corporal foi avaliada através do questionário, utilizando perguntas objetivas. Totalizaram 51 participantes, predominantemente adultos (80,4%), sendo 22 com cegueira total e 29 com baixa visão. Cerca de 41% dos indivíduos se mostraram insatisfeitos com a imagem corporal e 23,5% subestimou seu peso, indicando distorção da imagem corporal. Em relação às ações de autocuidado, 56,9% dos participantes relataram maior preocupação com a alimentação e sua relação com a influência da satisfação com a imagem corporal, havendo diferença entre indivíduos com cegueira total e indivíduos com baixa visão (p=0,01). Assim, é visível que existe insatisfação com a imagem corporal e distorção na percepção do próprio corpo em indivíduos com deficiência visual.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4005
Other Identifiers: 2013038537
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Imagemcorporalautocuidado_2017_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo924.99 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.