Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3976
Title: Análise orçamentária das famílias de Natal-RN comparadas com a pesquisa de orçamento familiar do IBGE
Authors: Rebouças, Bárbara Rocha
Keywords: Orçamento familiar;Educação financeira;POF
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: REBOUÇAS, Bárbara Rocha. Análise orçamentária das famílias de Natal-RN comparadas com a pesquisa de orçamento familiar do IBGE. 2015. 66f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: O Brasil é país em desenvolvimento que passa por constantes mudanças em sua economia. As famílias brasileiras precisam estar preparadas para estas mudanças econômicas. Com o aumento do índice de desemprego e do grau de endividamento a população precisa buscar um meio para manter-se economicamente estável. A educação financeira permite que as finanças pessoais e familiares sejam geridas de forma mais consciente. Neste intuito, projetos são utilizados para repassar esta educação para a população. Sentindo a necessidade de conhecer e avaliar o perfil econômico dos brasileiros o IBGE a partir da pesquisa de orçamento familiar (POF) traçou um modelo orçamentário que determina o perfil de uma família economicamente equilibrada para cada faixa de renda por ele determinada. Esta pesquisa tem por objetivo conhecer os hábitos econômicos das famílias natalenses, se elas possuem o hábito de planejar as suas finanças familiares e se elas se enquadram no modelo de equilíbrio econômico determinado pelo IBGE. Para tal fim foram aplicados questionários com os responsáveis pela organização financeira de cada família. A pesquisa se caracteriza quanto aos seus objetivos como exploratória e descritiva, quanto aos seus procedimentos como levantamento e bibliográficos e quanto a abordagem do problema foi utilizada uma abordagem mista. Foram coletados dados de vinte e uma famílias da cidade de Natal. Para possibilitar uma análise dos dados de forma mais completa utilizou-se os programas Excel e SPSS. Com a conclusão das análises constatou-se que as famílias natalenses estão gastando em média 2,03% a mais que o proposto pelo IBGE, porém, ainda conseguem se manter com sua renda mensal e acreditam que as suas despesas podem diminuir com a diminuição de passivo e aumentar com a educação da família. Após a realização do teste qui-quadrado concluiu-se que as variáveis não têm relação entre si, o que faz com que a faixa de renda dos entrevistados não seja explicada pelas demais variáveis. O equilíbrio econômico das famílias só vai acontecer quando elas se conscientizarem de que é necessário a realização e controle do orçamento familiar. Recomenda-se que estudos futuros sejam realizados com uma nova amostra e em um período maior.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3976
Other Identifiers: 2011032098
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseOrcamentaria_Reboucas_2015Ciências Contábeis543.14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.