Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3952
Title: Gestão de restos a pagar não processados: estudo de caso centrado na reinscrição de despesas durante o período de 2010 a 2014 no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte
Authors: Souza, Calebe Ramalho Seabra de
Keywords: Orçamento público;Restos a pagar não processados;Reinscrição de restos a pagar;Gestão orçamentária;Execução financeira
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Calebe Ramalho Seabra de. Gestão de restos a pagar não processados: estudo de caso centrado na reinscrição de despesas durante o período de 2010 a 2014 no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte. 2015. 60f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Este trabalho objetiva identificar possíveis influências significativas que as reinscrições de Restos a Pagar tenham exercido sobre a gestão de Restos a Pagar Não Processados no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, durante os anos de 2010 a 2014. Com base em dados coletados junto ao Portal da Transparência, relativos aos Demonstrativos Orçamentários e Relatórios de Gestão Fiscal, e junto aos sistemas SIAFI e SIAFI Gerencial, o estudo delimitou-se, para fins de simplificação, às ações orçamentárias de manutenção geral do referido tribunal. Analisou-se, assim, o comportamento (quantitativo e monetário) das inscrições e reinscrições em Restos a Pagar Não Processados ao longo do período escolhido, a natureza das despesas mais antigas e os fluxos de pagamentos dessas despesas, para, por fim avaliar, em termos gerais, a gestão de Restos a Pagar Não Processados adotada pela instituição nesses últimos cinco anos. A metodologia utilizada nesse estudo de caso foi a pesquisa descritiva, quanto aos objetivos propostos, bibliográfica e documental, quanto aos procedimentos adotados, e qualitativa, quanto à abordagem do problema. Os resultados obtidos, destarte, apontaram que as despesas reinscritas, apesar de muito antigas em alguns momentos, não exerceram influências marcantes sobre a gestão orçamentária desses períodos e que, apesar de apontarem, ao longo dos anos, elevado crescimento das cifras inscritas, a gestão de Restos a Pagar Não Processados desempenhada pelo órgão foi uma gestão regular, uma vez que esse crescimento não foi acompanhado em mesma escala por um aumento no número de empenhos inscritos.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3952
Other Identifiers: 2011061071
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GestaoDeRestos_Souza_2015.pdfCiências Contábeis682.31 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.