Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3905
Title: Fatores determinantes da adoção da IFRIC 12 – Service Concession Arrangements pelas sociedades anônimas do setor de saneamento básico do Brasil
Authors: Silva, José Roberto da
Keywords: Saneamento básico;Normas internacionais de contabilidade;Contrato de concessão
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, José Roberto da. Fatores determinantes da adoção da IFRIC 12 – Service Concession Arrangements pelas sociedades anônimas do setor de saneamento básico do Brasil. 2016. 64f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Dada à relevância dos serviços de saneamento para a qualidade de vida da população, impactando diretamente no desenvolvimento social, ambiental e econômico de qualquer sociedade, assim como os efeitos gerados na classificação dos bens, direito e obrigações relacionadas ao contrato de concessão dos concessionários após a adoção da IFRIC 12/ICPC 01, o estudo tem por objetivo identificar quais são os fatores determinantes da adoção da IFRIC 12 - Service Concession Arrangements pelas sociedades anônimas do setor de saneamento básico Brasileiro. A amostra foi constituída por 60 empresas que operam em regime de sociedades anônimas no setor de saneamento e abastecimento de água brasileiro, em um painel desbalanceado no período de 2010 a 2014. A metodologia utilizada na pesquisa é caracterizada como descritiva, bibliográfica e documental, com abordagem quantitativa dos dados. Para alcançar o objetivo do estudo selecionou como variável dependente a adoção da IFRIC 12, e como variáveis independentes o Tamanho, Retorno sobre o ativo, Alavancagem, Crescimento da receita, Crescimento do ativo, Intensidade de Capital, Empresa de Auditoria, Listagem na BM&F Bovespa e a Forma jurídica. Utilizou a Generalized Estimating Equation (GEE) como modelo econométrico. No geral, os resultados indicam que os fatores que determinam a adoção da IFRIC 12 pelas sociedades anônimas do setor de saneamento básico são o seu tamanho, se a empresa é auditada por uma Big Four, se a empresa esta listada na BM&F Bovespa e se a empresa tem a forma jurídica de sociedade anônima (propriedade privada).
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3905
Other Identifiers: 2011060790
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JoséRS_Monografia.pdfCiências Contábeis 2.49 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.