Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3750
Title: Pobreza: como esse fenômeno influencia no processo educativo escolar
Authors: Oliveira, Adryelle Ferreira de
Keywords: Educação;Pobreza;Desigualdade Social;Formação Docente;Education;Poverty;Social inequality;Teacher Training
Issue Date: 13-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Adryelle Ferreira de. Pobreza: como esse fenômeno influencia no processo educativo escolar. 2016. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia), Departamento de Fundamentos e Políticas da Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: O presente artigo tem como finalidade investigativa compreender como a pobreza pode influenciar no processo educativo escolar a partir de concepção de docentes em formação do curso de Pedagogia. Esse estudo compreende uma tentativa de desmistificar o entendimento que se tem sobre pobreza como uma fatalidade. Resultado de um projeto de pesquisa acadêmico, cujo tema é, Educação, Pobreza e Desigualdade Social. Esse projeto foi desenvolvido na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, tendo como orientadora a professora Doutora Kilza Fernanda Moreira de Viveiros. Pensando na pobreza como fato social e almejando respostas para questões problemas do trabalho, foi realizado um levantamento de dados com alunos do curso de pedagogia da universidade já citada acima que ingressaram no curso em 2013.1 e que brevemente estarão atuando como docentes. Para elucidar a pesquisa desenvolvemos questionário com perguntas direcionadas acerca do objeto investigativo. O que é ser pobre, o que significa pobreza, são as principais vias de se compreender como o fato social vem provocando uma grande dimensão de desigualdades. Para tentar explicar categoricamente o fenômeno da pobreza e suas consequências devastadoras, esse trabalho compõe-se de um respaldo histórico e contextual dos principais acontecimentos que de certa forma impulsionaram, as desigualdades. Seguindo a discursão, encontraremos reflexões acerca da efetivação da escola pública democrática como um dos recursos para a libertação do povo pobre oprimido, tornando possível o levantar das suas vozes, entendendo a necessidade da autonomia dessa camada populacional. A metodologia empregada baseia-se na pesquisa bibliográfica, entrevistas e questionários, esta última relativa às informações coletadas nos autos das concepções de pobreza. Portanto, a abordagem do estudo aqui transcrito é eminentemente qualitativa, tendo como finalidade realizar uma análise social e política, em caráter descritivo e explicativo, acerca das problemáticas expostas.
Abstract: The present article has as an investigative purpose to understand how poverty can influence in the educational process school from the conception of teachers in formation of the course of Pedagogy. This study comprises an attempt to demystify the understanding of poverty as a fatality. Result of an academic research project, whose theme is Education, Poverty and Social Inequality. This project was developed at the Federal University of Rio Grande do Norte, with the guidance of Professor Kilza Fernanda Moreira de Viveiros. Thinking about poverty as a social fact and aiming for answers to problems of work, a survey of data was carried out with students of the pedagogy course of the university already mentioned above who entered the course in 2013.1 and who will soon be teaching. To elucidate the research we developed a questionnaire with questions directed about the investigative object. What is to be poor, which means poverty, are the main ways of understanding how the social fact has provoked a great dimension of inequalities. In order to try to explain categorically the phenomenon of poverty and its devastating consequences, this work is made up of historical and contextual support of the main events that have, to a certain extent, boosted inequalities. Following the discourse, we will find reflections about the effectiveness of the democratic public school as one of the resources for the liberation of the oppressed poor, making it possible to raise their voices, understanding the need for autonomy of this population. The methodology used is based on bibliographical research, interviews and questionnaires, the latter concerning the information collected in the records of the conceptions of poverty. Therefore, the approach of the study transcribed here is eminently qualitative, with the purpose of carrying out a social and political analysis, in a descriptive and explanatory character, about the problems exposed.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3750
Other Identifiers: 2013035123
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pobreza - como esse fenômeno influencia no processo educativo escolar_Monografia_2016.pdf590,85 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons