Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3739
Title: Problem-Based-Learning (PBL) nos cursos de ciências contábeis das instituições de ensino superior (IES) de Natal, RN
Authors: Celestino, Égon José Mateus
Keywords: Educação contábil;Métodos de ensino;Aprendizagem baseada em problemas;PBL
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CELESTINO, Égon José Mateus. Problem-Based-Learning (PBL) nos cursos de ciências contábeis das instituições de ensino. 2014. 50f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: Tornar o ensino da contabilidade dinâmico e atraente, assim como para as diversas áreas do conhecimento, é um dos grandes desafios nos dias atuais. Além disso, somado aos avanços tecnológicos, com a necessidade de atualização constante dos docentes de ensino superior, há também o surgimento de diversos estudos sobre novos métodos de ensino que formem alunos capazes de tomarem decisões e corresponderem às necessidades do mercado sempre mais competitivo e interdisciplinar. Neste contexto, dos desafios formativos perante as demandas do mercado e da globalização econômica, vem ocorrendo a valorização do Profissional Contábil e, consigo, as exigências na sua formação. Diante disso, este estudo é resultado de uma pesquisa com os alunos egressos do curso de ciências contábeis das Instituições de Ensino Superior (IES) de Natal/RN, cujo objetivo geral é investigar a utilização do Método Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) no ensino contábil dessas IES. Quanto aos métodos aplicados no estudo, classifica-se no nível de pesquisa descritiva; quanto ao delineamento, são de levantamentos e características quantitativas. Obtivemos acesso a 6 IES com uma população de 540 discentes, uma amostra de 263 alunos, com representatividade de 48,7%. As técnicas de estatística descritiva foram utilizadas no tratamento dos dados com a distribuição de frequência e interpretação. Os números foram tabulados e analisados utilizando como ferramenta Microsoft Excel. Nas percepções levantadas no resultado, pode-se verificar que os métodos mais utilizados nas IES pesquisadas são: Resolução de Exercícios e Aulas Expositivas, decorrentes do ensino tradicional pautado no docente. Outro método é a apresentação de Seminários, que, neste caso, faz do aluno um agente ativo. Foi verificado ainda a prática de problematização no ensino por 59,32% dos respondentes em algumas disciplinas curriculares; praticamente todos os entrevistados afirmam terem sido expostos à problematização, mas somente 60,08% perceberam esta técnica ser utilizada em conjunto com questionamentos, trabalho em grupo e resolução de problemas, conforme preconiza o método PBL. Cabe ainda ressaltar a frequência de 36 respondentes que demonstraram utilizar o método PBL diretamente pela sua nomenclatura, sendo mencionada por 4,43% da amostra. Entretanto, com questionamentos posteriores, podemos verificar que os alunos avaliam positivamente a sua participação ativa nesse processo educativo, uma vez que, sem saberem, estão utilizando a Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL). As áreas de conhecimento contábil que mais utilizam a implementação do PBL são as Gerenciais e de Formação Geral e Instrumental, de acordo com o resultado. Em suma, enquanto PBL oferece a possibilidade de realização destes objetivos, é evidente, a partir da literatura e de nossos resultados, que os educadores de contabilidade, até o momento, estão iniciando discussões e implementações gradativas até mesmo sem saber do método, assumindo o desafio e programando-o.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3739
Other Identifiers: 2010014553
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Problem-Based-Learning_Celestino_2014.pdfCiências Contábeis289.59 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons