Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3674
Title: Reconstrução histórica da creche escola Dr. Adolfo Bezerra de Menezes (1985-2016)
Authors: Pinto, Evaldo Jesus Salgado
Keywords: História de Instituição Educativa;Educação Escolar;Comunidade;Assistencialismo;Educational institution history;Education Schooling;Community;Handout policies
Issue Date: 14-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PINTO, Evaldo Jesus Salgado. Reconstituição histórica da creche escola Dr. Adolfo Bezerra de Menezes (1985-2016). 2016. 71 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia), Departamento de Fundamentos e Políticas da Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Este trabalho tem como objeto de estudo a história da Creche Escola Dr. Adolfo Bezerra de Menezes. Objetiva-se identificar e problematizar os processos históricos que possibilitaram a criação da Creche Escola. Para realizar a pesquisa, nos orientamos por duas perguntas: Como a Creche Escola Dr. Adolfo Bezerra de Menezes foi construída? Qual a contribuição que essa Creche ofereceu e oferece a comunidade escolar e não escolar do distrito de Massaranduba? Essas perguntas nos inspiraram a buscar na História Cultural, especialmente nos estudos de Certeau elementos teóricos para respondê-las. No entanto, como pesquisador e voluntário da instituição pesquisada, priorizamos reconstituir a história ouvindo relatos e histórias de vida de moradores de Massaranduba, gestores, trabalhadores e estudantes da Creche Escola. Outra fonte importante foram as lembranças da vida e do trabalho voluntário nesta instituição pesquisada. Além de ouvir pessoas procuramos construir dados a partir dos documentos da instituição e, das observações do trabalho cotidiano da Creche. Concluímos que o processo histórico de criação da Creche Escola se constitui em uma referência histórica, para a afirmação de que uma pessoa sensível às demandas do próximo é capaz de envolver outras pessoas e fazer nascer um trabalho que modifica muitos aspectos da vida de moradores de uma comunidade vulnerável. Por outro lado, também concluímos que é importante não se apropriar de modo privado daquilo que foi construído para pertencer a todos, pois a gestão da educação necessita de avanços democratizantes com a finalidade de transformar o assistencialismo em participação, considerando essa participação como um processo em que a comunidade toma em suas mãos os destinos de sua vida
Abstract: The objective of this paper is the historical study of the Dr. Adolfo Bezerra de Menezes School and Daycare Center. We aim to identify and question the historical processes that made the creation of this institution possible. To conduct the necessary research, two base questions were asked: How was the institution built? How does it contribute to the educational and non-educational community of the Massaranduba village (situated 35 kilometers from the state capital, Natal), in Rio Grande do Norte State? Such questions inspired a deep search of the cultural history – in particular considering studies conducted by Certeau – to find theoretical elements with which they could be answered. Nevertheless, as both researchers and volunteers of said institution, we aimed to retrace the story by listening to the accounts and life stories of the population of Massaranduba – such as managers, workers and students that attended the school and daycare center. Another source of relevance came from the life stories and volunteering stories of the institution. Asides from listening to the people, we aimed to build data from researched institution documents, as well as from observing its day to day workings. From those premises, we concluded that the process of building the school and daycare center constitutes a historical reference to the statement that an individual made sentient to the needs of others is capable of birthing a project that can touch people and change several aspects of the life of a vulnerable community. On the other hand, we also concluded that what was built as a community asset cannot be made private by this or that person, since all educational management requires democratic advancements in order to transform the mere handout policy into real participation, into a process where the community can take charge of its own destiny
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3674
Other Identifiers: 2013032604
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.