Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3644
Title: Consultoria organizacional: avaliação do programa de Consultoria Integrada de Gestão (CIG) do serviço brasileiro de apoio às micro e pequenas empresas - SEBRAE
Authors: Vilela, Karoline Cysneiros
Keywords: Consultoria organizacional;Investimento;Micro e pequenas empresas
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: VILELA, Karoline Cysneiros. Consultoria organizacional: avaliação do programa de consultoria integrada de gestão (CIG) do serviço brasileiro de apoio às micro e pequenas empresas - SEBRAE. 2015. 66f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) – Departamento de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Existente desde os tempos remotos, e ganhando cada vez mais espaço no cenário mundial, encontra-se a atividade de consultoria, que tem o objetivo primordial de oferecer auxílio às empresas que a demandam. As micro e pequenas empresas, responsáveis por 20% do PIB brasileiro e mais da metade dos empregos formais deste país, necessitam da proposição de soluções ou ações para seu crescimento e fortalecimento no mercado. Para permitir a melhoria do desempenho organizacional e aumentar a competitividade das micro e pequenas empresas, foi criado o Programa de Consultoria Integrada de Gestão, pelo SEBRAE. O presente estudo objetiva avaliar a consultoria realizada pelo SEBRAE nas micro e pequenas empresas por meio do Programa de Consultoria Integrada de Gestão (CIG), através da percepção dos empresários. A metodologia utilizada foi a pesquisa exploratória de natureza quantitativa, e a técnica da coleta de dados foi a de levantamento (survey). Os resultados apontaram que os motivos de demanda por consultoria externa são voltados para a necessidade de conhecimento técnico, dificuldades financeiras ou de gestão. Mesmo vendo a consultoria como uma alternativa de solução para seus problemas, a maioria não implantou todas as propostas dos consultores. Os pontos fortes mais apontados foram as visitas e a fundamentação teórica, e os pontos fracos voltaram-se para a rapidez de execução do Programa, atuação dos consultores e ausência de acompanhamento posterior. Os empresários alegaram mudanças notáveis em suas organizações por causa do Programa, que incluíam tanto a parte comercial quanto financeira. Conclui-se que os participantes veem a metodologia de forma positiva, e no geral estão satisfeitos com o Programa, ainda que em parte. Percebem-se expectativas relacionadas ao diagnóstico organizacional, a fim de saber se a empresa está trilhando no caminho certo. Tanto as visitas como as aulas teóricas foram vistas como pontos positivos da metodologia. Quanto aos pontos fracos da metodologia, há grande necessidade de diagnóstico após a implementação com fins de orientação, e de redução da velocidade de execução do Programa, para melhor assimilação do conteúdo.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3644
Other Identifiers: 2011033012
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ConsultoriaOrganizacional_Vilela_2015.pdfTexto completo576,63 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.