Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3554
Title: Desenvolvimento de metodologia para determinação simultânea de ânions e cátions em gasolina por cromatografia iônica
Authors: Santana, Jildimara
Keywords: Cromatografia de Íons;HNO3;Magnésio
Issue Date: 17-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTANA, Jildimara de Jesus. Desenvolvimento de metodologia para determinação simultânea de ânions e cátions em gasolina por cromatografia iônica. 2015. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química do Petróleo) - Instituto de Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: A presença dos íons cloreto, sulfato, sódio, cálcio, magnésio e potássio em altas concentrações na gasolina podem acarretar em problemas de corrosão do tanque combustível, sistema de injeção e motor de automóveis, o que resulta na deterioração destes materiais pela ação química ou eletroquímica do meio, diminuindo a vida útil dos mesmos. Por se tratar de uma substância apolar a determinação direta destes íons em gasolina pelas técnicas convencionais, que quantificam compostos inorgânicos, fica prejudicada, pois estas são favoráveis à determinação em solução. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi propor uma metodologia de preparo destas amostras para determinação dos compostos acima relacionados na sua forma iônica e em solução. Para tal, um método de extração líquido-líquido foi empregado para extração dos íons de interesse da fase orgânica (gasolina) para a fase aquosa (extrator). Fatores como o pH (adição de HNO3 0,1%, v/v) e temperatura (água a 70°C) foram empregados, através de um planejamento fatorial 22. O método proposto foi aplicado em uma amostra de gasolina comum com adição de padrão dos íons de interesse. Os resultados obtidos mostraram que a adição de HNO3 em concentrações baixas foi eficiente para extrações de alguns analitos como o sódio, por exemplo, e não alterando a extração para o cloreto. Já a extração com água aquecida a 70ºC não mostrou um aumento significativo nas concentrações dos íons analisados quando comparado à utilização da água em temperatura ambiente. Diante do exposto, a mistura da água aquecida com o ácido HNO3 e do ácido separadamente podem ser utilizados quando for aplicado a extração líquido-líquido para extração dos compostos inorgânicos de matrizes orgânicas. Conclui-se então que, definido um bom método para extração, é possível a determinação destes íons pela técnica de IC, que é uma técnica robusta e precisa, capaz de quantificar os íons de interesse com alta confiabilidade e com excelente sensibilidade o que é de extrema importância para aplicação em amostras de gasolina onde estes compostos devem estar ausentes, ou até presentes, em baixas concentrações para que não venha a provocar prejuízos ao consumidor final
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3554
Other Identifiers: 2011024434
Appears in Collections:Química do Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DesenvolvimentoMetodologiaDeterminação_SANTANA_2015.pdf866.21 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons