Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3546
Title: Ludicidade na Educação Infantil
Authors: Assis, Crispiliana Carla de
Keywords: Educação Infantil;Ludicidade;Aprendizagem;Child education;Lear
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ASSIS, Crispiliana Carla de. Ludicidade na Educação Infantil. 2016. 23f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia a Distância), Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: O presente trabalho refletirá sobre a importância do uso da ludicidade na Educação Infantil, o mesmo está fundamentado em alguns autores e teóricos que defendem o jogo, brinquedos e brincadeiras como fonte de aprendizagem, temos o exemplo de Telles (1999) que segundo o mesmo, brincar se coloca num patamar importantíssimo para a felicidade da criança, no presente e no futuro. Brincando ela constrói seu saber, aprende a respeitar o outro, desenvolve o sentimento de grupo, além de ativar a imaginação as crianças se auto realizam. Faz-se necessário a utilização de jogos, brinquedos e brincadeiras na Educação Infantil, pois essa prática já faz parte do mundo da criança, além disso, trabalhar dessa forma, não significa dizer que está abandonando a seriedade e a importância dos conteúdos a serem trabalhados com a criança na sala de aula. Sabe-se que a infância é a idade das brincadeiras, acreditamos que por meio delas a criança satisfaz, em grande parte, seus interesses, necessidades e desejos particulares, mas para que esse método de ensino dê certo é preciso salientar que o professor conheça o papel fundamental dessa prática, para que assim, possa destinar espaço físico e temporal para a sua aplicação. Pois o brincar na vida da criança é como fonte de organização de estruturas mentais, cognitivas e emocionais, bem como, processo de desenvolvimento nos aspectos motor, físico e social das crianças. Assim, consideram-se a ludicidade como um princípio de inserção da criança no lugar vivido utilizando-se dos brinquedos, brincadeiras, jogo e ato de brincar na construção construtiva dos sujeitos sociais.
Abstract: This work will reflect on the importance of the use of playfulness in Early Childhood Education, the same is based on some authors and theorists who defend play, toys and games as a source of learning, we have the example of Telles (1999) Playing is a very important step for the happiness of the child, in the present and in the future. Playing with it, she builds her knowledge, learns to respect the other, develops the group feeling, and activates the imagination, the children realize themselves. It is necessary to use games, toys and games in Child Education, because this practice is already part of the child's world, and to work in this way does not mean that it is abandoning the seriousness and importance of the contents to be worked on with the child in the classroom. It is known that childhood is the age of play, we believe that through them, the child largely satisfies their interests, needs and desires, but for this method of teaching to work, it is necessary to emphasize that the teacher knows the Role of this practice, so that it can allocate physical and temporal space for its application. For playing in the child's life is a source of organization of mental, cognitive and emotional structures, as well as a process of development in the motor, physical and social aspects of children. Thus, playfulness is considered as a principle of insertion of the child in the lived place using toys, games, play and play in the constructive construction of social subjects.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3546
Other Identifiers: 2012029865
Appears in Collections:Pedagogia (A distância)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LudicidadeEducaçãoInfantil_Artigo_2016.pdf599,15 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.