Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3530
Title: Síntese e avaliação de oligômeros de quitosana como inibidores de incrustação de carbonato de cálcio
Authors: Medeiros, Alex Araujo de
Keywords: Incrustação.;Carbonato de Cálcio.;oligômeros de quitosana.;polímero natural.
Issue Date: 12-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Alex Araujo de. Síntese e avaliação de quitosana como inibidores de incrustação de carbonato de cálcio. 2016. 36f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química do Petróleo), Instituto de Química, Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal - RN, 2016.
Portuguese Abstract: A incrustação é um grande problema encontrado na indústria do petróleo, que tem efeito direto na produção do óleo, devido à obstrução total ou parcial dos dutos de transporte. As incrustações de sais inorgânicos mais encontrados são as de carbonato de cálcio, sulfato de cálcio, sulfato de estrôncio e sulfato de bário. A incrustação de carbonato de cálcio é uma das mais encontrada nos dutos, podendo ser formada pelas variações de pressão em presença de íons bicarbonato e cálcio em um determinado ambiente. Atualmente, o uso de inibidores químicos é considerado um dos métodos mais eficazes para remediar o problema de incrustações. Entretanto, alguns produtos podem trazer prejuízos ao meio ambiente, como por exemplo, os inibidores à base de fosfatos e polifosfatos. Visando o estudo de aplicabilidade de um inibidor de baixo impacto ambiental, neste trabalho foram preparados e avaliados oligômeros de quitosana. A obtenção desses oligômeros foi realizada através da hidrólise ácida, gerando derivados solúveis em meio aquoso. Para avaliação dos oligômeros quanto à eficiência de inibição de incrustação por carbonato de cálcio, foi analisado a variação de pressão em capilar durante o contato entre salmouras incompatíveis. Pôde-se constatar que a mínima concentração efetiva do inibidor foi de 400 ppm. A análise dos cristais de carbonato de cálcio por Microscopia Eletrônica de Varredura indicou a predominância da estrutura morfológica de aragonita, nas condições de temperatura e pressão utilizadas, assim como a deformação dos cristais com o uso dos inibidores.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3530
Other Identifiers: 2013053785
Appears in Collections:Química do Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliaçaoOligomeros_Medeiros_2016.pdfMonografia1,11 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.