Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3511
Title: Estudo comparativo da eficiência de recuperação avançada entre sistemas microemulsionados e solução de tensoativo
Authors: Ferreira, George Leandro Ramos
Keywords: Tensoativo.;Microemulsão.;Recuperação avançada de petróleo.;Eficiência de recuperação.;Recovery efficiency.;Surfactant.;Microemulsion.;Enhanced oil recovery.
Issue Date: 21-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERREIRA, George Leandro Ramos. Estudo comparativo da eficiência de recuperação avançada entre sistemas microemulsionados e solução de tensoativo. 2015. 49f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química do Petróleo), Instituto de Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Um grande problema enfrentado pelas indústrias produtoras de petróleo é a baixa quantidade de petróleo produzido através da energia natural do reservatório. Atualmente existem técnicas bem definidas que possibilitam um aumento da produção do petróleo (métodos convencionais de recuperação), mas estas técnicas também possuem suas limitações. Desta forma, é de grande importância o desenvolvimento de tecnologias que permitam corrigir os problemas dos métodos convencionais ou até mesmo otimizem a eficiência das técnicas avançadas. Diante deste cenário, este trabalho realizou uma comparação da eficiência de recuperação entre diferentes métodos químicos de recuperação avançada de petróleo – injeção de solução de tensoativo e injeção de sistema microemulsionado – em ambiente salino (KCl 2%), afim de indicar qual desses métodos possui um potencial de eficiência maior para ser utilizado nesta aplicação. Os reagentes utilizados neste trabalho foram: tensoativo não iônico comercial, butanol como co-tensoativo, solução de KCl 2% como fase aquosa e querosene como fase orgânica. Em seguida, os sistemas foram escolhidos levando em consideração suas composições visando a utilização de pequenas quantidades de tensoativo e fase orgânica, e os parâmetros utilizados para a caracterização dos sistemas foram: Concentração micelar crítica (c.m.c), viscosidade, tensão superficial, tensão interfacial, densidade e diâmetro de partícula. Por fim, os ensaios de recuperação de petróleo mostraram que o sistema microemulsionado apresentou um melhor desempenho, em comparação as soluções de tensoativo, atingindo uma eficiência de deslocamento total de 85%, enquanto que a solução de tensoativo (12,5% m/m) atingiu 72% e a solução de tensoativo na c.m.c atingiu 64%
Abstract: A big problem faced by oil-producing industries is the low amount of oil produced through the natural energy of the reservoir. Currently there are well defined techniques that allow an increase in oil production (conventional recovery methods), but these techniques also have limitations. Thus, it is of great importance the development of technologies to correct the problems of the conventional methods or even optimize the efficiency of advanced techniques. In this scenario, this paper conducted a comparison of the recovery efficiency between different chemical methods of enhanced oil recovery - surfactant solution injection and microemulsion system injection - in saline environment (KCl 2%) in order to indicate which of these methods has a higher efficiency potential for use in this application. The reagents used in this study were: commercial non-ionic surfactant, butanol as co-surfactant, 2% KCl solution as the aqueous phase and kerosene as organic phase. Then, the systems were chosen taking into consideration their compositions aiming at the use of small quantities of surfactant and organic phase, and the parameters used to characterize the systems were: critical micelle concentration (c.m.c), viscosity, surface tension, interfacial tension, density and particle diameter. Finally, the oil recovery experiments showed that the microemulsion system presented a better performance in comparison to surfactant solutions, reaching a total displacement efficiency of 85%, while the surfactant solution (12.5% w/w) reached 72%, and the surfactant solution at the c.m.c reached 64%
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3511
Other Identifiers: 2012975375
Appears in Collections:Química do Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstudoComparativoEficiência_FERREIRA_2015.pdfArtigo principal1,2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.