Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3504
Title: Utilização de antioxidante natural extraído da romã (punica granatum) em formulações diesel/biodiesel e estudo quimiométrico por PCA
Authors: Dantas, José Wellison Lima
Keywords: PCA.;Oxidative Stability.;Diesel.;Biodiesel.;Antioxidante Natural.;Estabilidade Oxidativa.;FTIR.
Issue Date: 27-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DANTAS, José Wellison Lima. UTILIZAÇÃO DE ANTIOXIDANTE NATURAL EXTRAÍDO DA ROMÃ (PUNICA GRANATUM) EM FORMULAÇÕES DE DIESEL/BIODIESEL E ESTUDO QUIMIOMÉTRICO POR PCA. 2016. 61 f. Monografia (Especialização) - Curso de Química do Petróleo, Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Nos dias atuais, tem-se buscado intensamente a incorporação de biocombustíveis nas formulações de combustíveis derivados do petróleo, por questões ambientais e econômicas. Entretanto por apresentarem insaturações ou grupos oxigenados na estrutura, adição desses compostos intensificam os processos oxidativos, gerando produtos indesejáveis e afetando a qualidade dos combustíveis, sendo imprescindível o uso de antioxidantes. Neste trabalho, foi avaliada a eficiência de um antioxidante natural, extraído da romã (Punica granatum), em misturas de diesel com biodiesel, nas concentrações de 8 e 15% (v/v). A caracterização das misturas ocorreu com a obtenção de propriedades físico-químicas tais como pontos da curva de destilação atmosférica, índice de cetano, viscosidade cinemática a 40 °C, massa específica a 20 °C, estabilidade oxidativa pelo método PetroOXY e espectrometria na região do infravermelho com transformada de Fourier (FTIR). O Método quimiométrico baseado na Análise de Componentes Principais (PCA), utilizando dados dos espectros FTIR, possibilitou classificação das amostras com case em suas composições. A adição do antioxidante natural e de até 15% de biodiesel nas formulações de diesel, não alteraram significativamente as propriedades físico-químicas do combustível. Os espectros de FTIR para as misturas, não apresentaram alterações relevantes no perfil das amostras com diferentes concentrações do biodiesel e do antioxidante natural. A PCA conseguiu classificar, em grupos distintos, as amostras com 8 e 15% de biodiesel e as amostras contendo antioxidante natural ou comercial em suas composições através dos escores de PC2 vs PC3. Os gráficos de loadings mostraram que, PC1 considerou como importante na classificação das amostras, a existência da mistura diesel/biodiesel. Já a PC2 identificou diferenças na concentração de biodiesel pela mudança na intensidade de absorção, permitindo a separação das amostras em duas classes, contendo 8 e 15% de biodiesel. A PC3 diferenciou os grupos de amostras pelas bandas características do antioxidante natural e do comercial, presentes nas formulações do diesel.
Abstract: Nowadays, the incorporation of biofuels in formulations of petroleum-derived fuels has been intensively pursued for environmental and economic reasons. However, due to the presence of unsaturations or oxygen groups in the structure, addition of these compounds intensify the oxidative processes, generating undesirable products and affecting the quality of the fuels, being essential the use of antioxidants. In this work, the efficiency of a natural antioxidant, extracted from pomegranate (Punica granatum), in biodiesel blends of 8 and 15% (v / v) was evaluated. The characterization of the mixtures occurred with physicochemical properties such as atmospheric distillation curve, cetane number, kinematic viscosity at 40 ° C, specific mass at 20 ° C, oxidative stability by the PetroOXY method and spectrometry in the region of With Fourier transform (FTIR). Based on the Principal Components Analysis (PCA), using the FTIR spectra, it was possible to classify the samples based on their compositions. The addition of the natural antioxidant and up to 15% biodiesel in the diesel formulations did not significantly alter the physicochemical properties of the fuel. The FTIR spectra for the mixtures showed no relevant changes in the profile of the samples with different concentrations of biodiesel and natural antioxidant. The PCA was able to classify the samples with 8 and 15% of biodiesel and samples containing natural or commercial antioxidant in their compositions by PC2 vs PC3 in different groups. The loadings graphs showed that, PC1 considered as important in the classification of the samples, the existence of the diesel / biodiesel mixture. However, PC2 identified differences in biodiesel concentration due to the change in absorption intensity, allowing the separation of samples into two classes, containing 8 and 15% biodiesel. PC3 differentiated the groups of samples by the characteristic bands of the natural and commercial antioxidant present in the diesel formulations.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3504
Other Identifiers: 2012960621
Appears in Collections:Química do Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UtilizaçãoAntioxidanteNatural_DANTAS_2016.pdfMonografia2,3 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.