Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3502
Title: Influência da adição de fluorelastômero nos parâmetros reológicos de pastas de cimento para poços petrolíferos
Authors: BATISTA, Willame Gomes da Silva
Keywords: Cimentação.;Recuperação térmica.;Resistência Térmica.;Fluorelastômeros.;Propriedades Reológicas.
Issue Date: 22-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BATISTA, Willame Gomes da Silva. Influência da adição de fluorelastômero nos parâmetros reológicos de pastas de cimento para poços petrolíferos. 2016. 34f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química do Petróleo), Instituto de Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016
Portuguese Abstract: A cimentação é uma etapa extremamente importante no processo de perfuração de poços petrolíferos, devido o fornecimento de estabilidade ao poço, no entanto em campos de produção que possuem óleos com viscosidade elevada, faz-se o uso de técnica de recuperação térmica para melhorar a produtividade, nela vapores superaquecidos são injetados no poço com o objetivo de diminuir a viscosidade do óleo. No entanto, estas técnicas geram esforços que a bainha de cimento não suporta gerando assim problemas durante a vida útil do poço. Para se evitar tais problemas estão se utilizando os elastômeros com resistência química e térmica, Fluorelastômeros. A adição deste material afeta as propriedades reológicas das pastas, e com o intuito de saber como esta adição irá afetar as pastas de cimentos, este trabalho foi realizado. O trabalho consiste em analisar o FKM com as técnicas de FTIR e TGA e variar a concentração de FKM em pastas com 0,2,5,7 e 10% (BWOC). Foram realizados testes reológicos em temperatura ambiente e na temperatura de circulação do poço, 80ºF (27ºC) e 86°F (30°C), respectivamente. Os resultados mostram que O FKM realmente tem resistência térmica suficiente para ser utilizado nos processos de recuperação térmica, pois sua faixa inicial de degradação, se inicia a 350°C, 50°C acima do valor máximo do processo de recuperação térmica e que nessas concentrações e nas condições de circulação de pasta no poço não interferem substancialmente nos parâmetros reológicos, sendo possível seu uso na indústria.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3502
Other Identifiers: 2012960819
Appears in Collections:Química do Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InfluênciaAdiçãoFluorelastômero_BATISTA_2016.pdf1,39 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.