Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3464
Title: Avaliação de distúrbios do sono em pacientes do pré-operatório de cirurgia bariátrica
Authors: Cruz, Ana Luisa Figueirêdo
Keywords: Obesidade;Apneia;Cirurgia bariátrica;Obesity;Apnea;Bariatric surgery
Issue Date: 9-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CRUZ, Ana Luisa Figueiredo. Avaliação de distúrbios do sono em pacientes do pré-operatório de cirurgia bariátrica. 2016. 34f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia)-Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, 2016.
Portuguese Abstract: Introdução: Os distúrbios do sono são problemas de saúde pública que vem aumentando na população e causam alterações anatomofuncionais de vias aéreas superiores prejudiciais ao indivíduo. A população obesa apresenta péssima influência no sono proporcionado pela presença da obesidade como fator de risco. A Polissonografia (PSG) é o exame padrão-ouro que possui alta complexidade, alto custo e pode não ser bem aceita pelo indivíduo, desse modo as alternativas subjetivas de avaliação como a Escala de Sonolência de Epworth (ESE), a Escala de Ronco de Stanford (ERS) e a Escala de Sonolência de Stanford (ESS) tornam-se mais práticas. Objetivos: Verificar presença de distúrbios do sono em obesos adultos no pré-operatório para cirurgia bariátrica através das escalas ESE, ERS e ESS. Materiais e métodos: Estudo observacional do tipo transversal. Foi realizada avaliação clínica inicial e mensuração de dados antropométricos, seguido da aplicação das escalas ESE, ERS e ESS em pacientes obesos do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). Resultados: Foram avaliados 100 obesos com idade de 41,4±10,7 anos e IMC 46,1±7,8 Kg/m². A prevalência de distúrbios do sono entre os pacientes que responderam a ESE foi de 25% para ambos os gêneros. Não houve diferenças entre os sexos para escores das escalas. Somente circunferências de cintura (CC) (r=0,20, p=0,04) e pescoço (CP) (r=0,33, p=0,001) correlacionaram-se com o escore da ERS. Conclusão: As escalas são boas alternativas de acompanhamento no pré-operatório, conseguiram observar a presença de 25% de frequência para distúrbios do sono na ESE, como a Sonolência Diurna Excessiva (SDE) que afeta diretamente o rendimento da atividade diária e a qualidade do sono. Ainda foi mostrada a forte influência da CC e CP para presença dos distúrbios do sono. A distribuição de gordura corporal em obesos eleva os risco de complicações para cirurgia bariátrica, o que torna importante a avaliação fisioterapêutica previamente a cirurgia bariátrica.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3464
Other Identifiers: 2012945840
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliaçãodistúrbiossono_2016_Trabalho de Conclusão de Curso3,32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons