Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3427
Title: Interação água-sedimento na degradação da qualidade da água de reservatórios tropicais semiáridos
Other Titles: Water-sediment interaction on the water quality degradation of semi-arid tropical reservoirs
Authors: SILVA, Herika Cavalcante Dantas da
Keywords: Liberação de fósforo;Seca Extrema;Fertilização interna
Issue Date: 31-Oct-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Herika Cavalcante Dantas da. Interação água-sedimento na degradação da qualidade da água de reservatórios tropicais semiáridos. 2016. 20f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental), Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Objetivo: O objetivo deste estudo foi verificar a distribuição vertical de fósforo na coluna d’água, bem como relacioná-la com a liberação de fósforo do sedimento, durante um período de seca extrema. Métodos: Foram analisados dois reservatórios da região semiárida do Rio Grande do Norte, durante o período de Maio de 2015 a Junho de 2016. Foram analisados: sólidos suspensos (SS), clorofila-a (Chl-a), oxigênio dissolvido (OD) e temperatura. Perfis verticais foram traçados para fósforo total (PT), fósforo total dissolvido (PTD), fósforo particulado (PP), fósforo orgânico dissolvido (POD) e fósforo reativo solúvel (FRS). Resultados: Gargalheiras apresentou condições anóxicas próximo ao sedimento em vários meses durante período de estratificação. Cruzeta apresentou um mínimo de OD de 1mg.L-1, porém, apenas em dois meses. Os valores de fósforo distribuídos na coluna d’água foram bastante elevados para ambos os reservatórios, apresentando os maiores valores durante os períodos com menor profundidade. Gargalheiras apresentou os maiores valores de PT e PP, enquanto Cruzeta apresentou os maiores valores de FRS. Os valores de Chl-a e SS também foram condizentes com os valores de fósforo: a Chl-a foi maior em Gargalheiras, enquanto os SS, principalmente inorgânicos, foram maiores em Cruzeta. Alguns meses que apresentaram condições anóxicas no fundo também apresentaram os maiores valores de PT e FRS, o que pode indicar liberação. Além disso, os valores demasiadamente elevados durante os meses mais rasos podem ter sofrido influência do vento, havendo ressuspensão do sedimento, propiciando a liberação. Conclusões: A distribuição das formas e quantidades de fósforo na coluna d’água é importante para planos de restauração de lagos eutrofizados, porém, não é suficiente. É necessário conhecer o fluxo de P liberado, bem como as formas de P existentes para entender os mecanismos e variáveis que influenciam na liberação.
Abstract: : Aim: The aim of this study was to verify the phosphorus vertical distribution in the water column, and relate it to the phosphorus release from sediment, during a period of extreme drought. Methods: Were analyzed two reservoirs of the Rio Grande do Norte semi-arid region, during the period of May 2015 to June 2016. Were analyzed: suspended solids (SS), chlorophyll-a (Chl-a), dissolved oxygen (OD) and temperature. Vertical profiles were set for total phosphorus (TP), total dissolved phosphorus (TDP), particulate phosphorus (PP), dissolved organic phosphorus (DOP) and soluble reactive phosphorus (SRP). Results: Gargalheiras presented anoxic conditions near the sediment for several months, during stratified period. Cruzeta presented a OD minimum of 1mg L-1, however only two months. The values of phosphorus distributed in the water column were enough high for both reservoirs, Gargalheiras presented the higher TP and PP, while Cruzeta presented the higher SRP. The Chl-a and SS also were consistente with phosphorus: Chl-a was higher in Gargalheiras, while SS, mainly inorganic, were higher in Cruzeta. Some months have anoxic conditions at the bottom also presented the higher TP and SRP, which may indicate release. In addition, the excessively high values during the shallower months may have been the influence of wind, there ressuspension of sediment, providing release. Conclusions: The distribution of phosphorus forms and amounts in the water column is important for restoration plans of eutrophic lakes, however, it isn’t enough. It is necessary to know the P flux released and existing P forms for to understand variables that influence in release mechanisms.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3427
Other Identifiers: 2014082914
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Interacaoaguasedimento_Monografia.pdfTCC-2016.21,67 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.