Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3408
Title: Classificação das áreas úmidas costeiras da Zona Estuarina do Rio Apodi-Mossoró (RN)
Authors: Silva, Diego Emanoel Moreira da
Keywords: Rio Apodi-Mossoró;River Apodi-Mossoró;Classificação de Áreas Úmidas;Classification Wetlands;Geoecologia;Geoecology
Issue Date: Nov-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, D. E. M. Classificação das áreas úmidas costeiras da zona estuarina do rio ApodiI-Mossoró (RN). 2016. 104f. Monografia (Bacharel em Geografia) - Centro de Ensino Superior do Seridó, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2016.
Portuguese Abstract: As Áreas Úmidas (AU) costeiras são caracterizadas como ambientes de transição entre os meios aquáticos e terrestres periodicamente alagáveis com menos de seis metros de profundidade em maré baixa. Vale salientar que esses ecossistemas são compreendidos por variáveis classificações em todo mundo devido às prioridades dos seus serviços prestados ao meio natural e socioeconômico. De acordo com a importância ecológica, econômica e de prestação de serviços desses ecossistemas, poucos são os estudos sobre o que diz respeito à localização, extensão e distribuição desses macrohabitats em regiões costeiras no Brasil. Logo, o mapeamento torna-se um papel fundamental para conhecimentos das AU, em vista que, sem uma determinada classificação desses ecossistemas as informações não são conhecidas por completo, porém, os parâmetros essenciais para uma boa classificação é a apresentação da dinâmica hidrológica, dos fatores físicos atuantes e a composição vegetal de alguns ecossistemas. No entanto, é através desses fatores com a intercessão das ações antrópicas que são apresentadas as funções e características de cada AU identificada. Outro fator fundamental para a ocorrência das áreas úmidas são os pulsos de inundação, fator de fundamental importância para a limitação longitudinal dos ecossistemas. Logo, a ampla diversidade de AU hipersalinas distribuídas na zona estuarina do rio Apodi-Mossoró, ocorrem devido a influência do clima semiárido, devido aos fatores naturais encontrados na região (altas temperaturas, baixa precipitação, elevadas taxas de evaporação e disponibilidade hídrica mar e/ou estuário). Deste modo, esse trabalho teve como objetivo realizar uma classificação das áreas úmidas costeiras localizadas na bacia hidrográfica do Rio Apodi Mossoró. A área de estudo se estende desde o município de Areia Branca- RN, orientação leste, até o município de Tibau-RN, na porção oeste, localizada totalmente na Mesorregião potiguar, e na microrregião Mossoró. Para a classificação utilizou-se cinco etapas: um levantamento bibliográfico e cartográfico prévio da área estudada; acompanhado de uma montagem de uma base cartográfica digital, e da realização de um processamento digital das imagens; seguindo de uma classificação e quantificação das áreas úmidas encontrada na área de estudo; prosseguindo com, a caracterização do domínio geológico identificado na planície de inundação da área, finalizando com uma avaliação dos tipos de pulsos de inundação que afeta as áreas úmidas. Com o mapeamento das áreas úmidas hipersalinas na Bacia Hidrográfica do Rio Apodi-Mossoró, foram identificados oitos ecossistemas (estuário, lagoas, laguna, salinas solares mecanizadas, salinas solares artesanais, carcinicultura, manguezais e apicuns) ocupando uma área total de 20.322,00ha do total da área de estudo. Pode-se constatar que na área de estudo o ecossistema predominante são as salinas solares mecanizadas ocupando entorno de 56% de todo o território da bacia, com um total de 11.475ha e o ecossistema hipersalino com menor área de ocupação, encontra-se o manguezal com apenas 219ha de total identificado na área de estudo, totalizando a pequena porcentagem de 1%. Logo, a utilização da interpretação visual e o conhecimento prévio da área de estudo foi de essencial importância para a produção do mapa com o mosaico de todas as áreas úmidas identificadas, principalmente na distinção dos limites de cada macrohabitat.
Abstract: The Wetlands Coastal are characterized as transitional environments between aquatic and terrestrial periodically flooded with less than six meters deep at low tide, it is worth noting that these ecosystems are understood by variables ratings worldwide due to priorities of their services to natural and socioeconomic environment, according to the ecological, economic and service of these ecosystems, there are few studies on what concerns the location, extent and distribution of these macrohabitats in coastal regions in Brazil. Therefore, the mapping becomes a key role in knowledge of AU, given that without a certain classification of these ecosystems the information is not known completely, however, the essential parameters for a good classification is the presentation of the hydrological dynamics of active physical factors and plant composition of some ecosystems, however, is through these factors through the intercession of human actions that are presented the functions and characteristics of each identified AU. Another key factor for the occurrence of wetlands are the flood pulses, fundamentally important factor for the length limitation of ecosystems. Therefore, the wide diversity of AU hypersaline distributed in the estuarine area of Apodi-Mossoró river, occur due to the influence of the semi-arid climate, this due to natural factors found in the region (high temperatures, low precipitation, high evaporation rates and water March availability and / or estuary). Thus, this study aimed to carry out a classification of wetlands coastal located in the basin of Rio Apodi-Mossoró. The study area extends from the city of Areia Branca, RN, east orientation, to the city of Tibau, RN, in the western portion, located fully in the Potiguar Mesoregion, and Mossoró micro-region. For the classification five steps was used: a literature review and preliminary mapping of the study area; accompanied by a montage of a digital map base, and the realization of a digital image processing; following a classification and quantification of wetlands found in the study area; continuing with the characterization of the geological domain identified in the floodplain area, ending with an evaluation of the types of flood pulses that affect wetlands. With the mapping of the wetlands in hypersaline basin of Apodi-Mossoró River, were identified eight ecosystems (estuary, lagoons, lagoon, mechanized solar salt, handmade solar salt, shrimp, mangroves and apicuns) occupying a total area of total 20.322,00ha the study area, it can be seen that in the prevailing ecosystem study area are mechanized solar salt occupying around 56% of the entire territory of the basin, with a total of 11.475ha and hypersaline ecosystem with smaller footprint, It is the mangrove forest with only 219ha total identified in the study area, totaling the small percentage of 1%. Therefore, the use of visual interpretation and prior knowledge of the study area was of essential importance for the map production with the mosaic of all identified wetlands, especially in distinguishing the limits of each macrohabitat.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3408
Other Identifiers: 2013054085
Appears in Collections:CERES - Geografia (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Classificação das áreas úmidas_Monografia_SilvaMonografia 3,46 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.