Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3319
Title: Relação entre as características de trabalho e o sono dos profissionais de enfermagem de um hospital universitário
Authors: Santos, Vinícius Müller
Keywords: Sono; Enfermagem; Sonolência; Saúde do Trabalhador;Sleep; Nursing; Somnolence; Worker's health
Issue Date: 8-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, Vinícius Müller; SOUZA, Jane Carla de. Relação entre as características de trabalho e o sono dos profissionais de enfermagem de um hospital universitário. 2016. 29 f. TCC (Graduação) - Curso de Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2016
Portuguese Abstract: Este trabalho objetivou caracterizar o cronotipo, qualidade do sono, sonolência diurna e características de trabalho dos profissionais de enfermagem de um hospital universitário, e relacionar as características de trabalho com a qualidade de sono e sonolência diurna destes profissionais. Foram abordados 22 enfermeiros e 47 técnicos de enfermagem, sendo 57 mulheres e 12 homens, com média de 36±1,5 anos. Os instrumentos utilizados foram: Questionário socioeconômico/profissional; Questionário de matutinidade-vespertinidade de Horne & Ostberg; Índice de qualidade de sono de Pittsburgh e Escala de Sonolência de Epworth. A maioria dos profissionais apresentou cronotipo intermediário (47,82%), má qualidade de sono ou alterações marcantes (65,2%) e sonolência diurna excessiva (69.52%). Os enfermeiros e os profissionais com apenas um vínculo empregatício apresentaram maior frequência de má qualidade de sono em relação aos técnicos de enfermagem e aqueles com dois vínculos, respectivamente. Com relação a compatibilidade cronotipo/turno de trabalho positiva ou contrária não houve diferença entre os grupos. Desta forma, observamos que a maioria dos indivíduos apresentou cronotipo intermediário, má qualidade de sono e sonolência diurna excessiva, sendo o cargo e o cronotipo os fatores que mais influenciaram nos resultados.
Abstract: This study aimed to characterize the chronotype, sleep quality, daytime sleepiness and the work characteristics of the nursing professionals of an university hospital, and relate the sleep quality and daytime sleepiness with work characteristics of these professionals. A total of 22 nurses and 47 nursing technicians were studied, being 57 women and 12 men, with a mean of 36 ± 1.5 years. The instruments used were the Socioeconomic/professional questionnaire; Horne & Ostberg questionnaire; Pittsburgh Sleep Quality Index and Epworth Sleepiness Scale. The majority of the professionals presented intermediate chronotype (47.82%), poor sleep quality or marked alterations (65.2%) and excessive daytime sleepiness (69.52%). Nurses and professionals with only one contractual relationship had a higher frequency of poor sleep quality in relation to nursing technicians and those that had two contractual relationship, respectively. Regarding chronotype compatibility/positive or negative work shift there was no difference between the groups. In this way, we observed that the majority of the individuals presented intermediate chronotype, poor sleep quality and excessive daytime sleepiness and the profession and chronotype were the factors that most influenced the results.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3319
Other Identifiers: 2012963552, 1110960
metadata.dc.description.embargo: 2018-07-21
Appears in Collections:Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relação entre as características de trabalho e o sono dos profissionais de enfermagem de um hospital universitário.pdfRelação entre as características de trabalho e o sono dos profissionais de enfermagem de um hospital universitário621,4 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.