Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3266
Title: Depressão e qualidade de vida em idosos da comunidade na cidade de Santa Cruz – RN
Authors: Santos, Risonety Maria
Oliveira, Éderson Barbosa
Keywords: idosos;depressão;qualidade de vida
Issue Date: Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, Risonety Maria dos. Depressão e qualidade de vida em idosos da comunidade na cidade de Santa Cruz-RN. 2016. 21f. Artigo Científico (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2016.
Portuguese Abstract: Introdução: Com o avançar da idade aumenta-se as comorbidades e incidência das condições crônicas não transmissíveis, como a doença depressiva. O objetivo comparar a qualidade de vida de idosos da comunidade com e sem sintomas depressivos, residentes no município de Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil. A amostra foi composta por 121 idosos com idade ≥60 anos. Foi utilizado formulários sociodemográfico e de hábitos de vida estruturados, a Prova Cognitiva de Leganés, o WHOQOL-OLD, a EDG-15. Para armazenamento dos dados foi utilizado o software EpiData 2.0 e para a análise o SPSS 20. Resultados: A média de idade foi de 72,93 anos, sendo 66,9% sexo feminino, 64,5% com ensino fundamental incompleto, 62,8% casados, 24,0% viúvos, 75,2% com renda de 1 a 3 salários, 23,1% eram hipertensos com associada à outra condição de saúde, 47,9% ex-tabagistas, 74,4% não alcoólatras, 31,4% sofreram quedas ou tombos nos últimos 3 meses e 62% foram caracterizados como sedentários; 50,4% relataram sintomas compatíveis com depressão, sendo 42,5% do sexo masculino, 54,3% feminino. Na média das facetas do WHOQOL-OLD relataram estarem satisfeitos quanto à intimidade (77,53 ± 17,33), participação social (77,32 ± 15,69), morte ou morrer (72,26 ± 15,58); nem insatisfeitos nem satisfeitos nas facetas funcionamento dos sentidos (57,17 ± 19,90) e atividades passadas, presentes e futuras (49,58 ± 12,92); insatisfeitos com a autonomia (39,51 ± 23,85); E satisfação na media geral (62,23 ± 9,16). Conclusão: Apesar da satisfação dos idosos com a qualidade de vida, o índice de quadro depressivo foi elevado. Não houve significância ao comparar a qualidade de vida de idosos da comunidade com e sem sintomas depressivos.
Abstract: Introdução: Com o avançar da idade aumenta-se as comorbidades e incidência das condições crônicas não transmissíveis, como a doença depressiva. O objetivo comparar a qualidade de vida de idosos da comunidade com e sem sintomas depressivos, residentes no município de Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil. A amostra foi composta por 121 idosos com idade ≥60 anos. Foi utilizado formulários sociodemográfico e de hábitos de vida estruturados, a Prova Cognitiva de Leganés, o WHOQOL-OLD, a EDG-15. Para armazenamento dos dados foi utilizado o software EpiData 2.0 e para a análise o SPSS 20. Resultados: A média de idade foi de 72,93 anos, sendo 66,9% sexo feminino, 64,5% com ensino fundamental incompleto, 62,8% casados, 24,0% viúvos, 75,2% com renda de 1 a 3 salários, 23,1% eram hipertensos com associada à outra condição de saúde, 47,9% ex-tabagistas, 74,4% não alcoólatras, 31,4% sofreram quedas ou tombos nos últimos 3 meses e 62% foram caracterizados como sedentários; 50,4% relataram sintomas compatíveis com depressão, sendo 42,5% do sexo masculino, 54,3% feminino. Na média das facetas do WHOQOL-OLD relataram estarem satisfeitos quanto à intimidade (77,53 ± 17,33), participação social (77,32 ± 15,69), morte ou morrer (72,26 ± 15,58); nem insatisfeitos nem satisfeitos nas facetas funcionamento dos sentidos (57,17 ± 19,90) e atividades passadas, presentes e futuras (49,58 ± 12,92); insatisfeitos com a autonomia (39,51 ± 23,85); E satisfação na media geral (62,23 ± 9,16). Conclusão: Apesar da satisfação dos idosos com a qualidade de vida, o índice de quadro depressivo foi elevado. Não houve significância ao comparar a qualidade de vida de idosos da comunidade com e sem sintomas depressivos.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3266
Other Identifiers: 2012963928
2012963641
metadata.dc.description.embargo: 2019-12-16
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DepressaoQualidadeVida_Santos_2016.pdf
Restricted Access Until 2019-12-15
Artigo principal471,94 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.