Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3239
Title: Efeito de um programa de cinesioterapia em solo e em meio aquático na função cognitiva e qualidade de vida das pessoas idosas: Um ensaio clínico randomizado
Authors: Araújo, Ralyne de Melo
Keywords: Envelhecimento;;Cognição;;Atividade física;Qualidade de vida.
Issue Date: 2-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Ralyne de Melo. Efeito de um programa de cinesioterapia em solo e em meio aquático na função cognitiva e qualidade de vida das pessoas idosas: Um ensaio clínico randomizado. 2016. 18f. Artigo Científico (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2016.
Portuguese Abstract: Introdução: Ainda que existam perdas nos processos cognitivos com o avanço da idade, estudos apontam que a plasticidade neuronal pode permanecer ou até mesmo melhorar com o envelhecimento ativo. Objetivo: avaliar o efeito de um programa de cinesioterapia em solo e em ambiente aquático no estado cognitivo e a qualidade de vida de pessoas idosas. Metodologia: Trata-se de um ensaio clínico controlado e randomizado, com avaliador cego e amostra total de 44 idosos, randomizados em três grupos: solo (n=17), piscina (n=10), controle (n=17). Utilizaram-se os seguintes instrumentos de pesquisa: dados sociodemográficos, condições de saúde, questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ), Mini-Exame do Estado Mental (MEEM), Prova Cognitiva de Leganés (PCL), e questionário de qualidade de vida WHOQOL-bref. Os idosos realizaram o programa de cinesioterapia em solo e na piscina, por seis meses. Os dados foram analisados pelo software Statistical Package for the Social Science (SPSS) versão 20.0. Resultados: Verificou-se que após a intervenção, o grupo solo e piscina apresentaram médias significativamente maiores em relação ao grupo controle, (p=0,001) quando comparadas as médias do escore total dos instrumentos de cognição entre os grupos. Além disso, observou-se melhora estatisticamente significativa no domínio psicológico (p=0,01) e na qualidade de vida geral (p=0,006) do grupo solo comparado ao grupo controle. Conclusão:Evidenciou-se que ambos os tipos de exercícios fornecem estímulos suficientes para que ocorra a melhora da função cognitiva. A qualidade de vida melhorou para os idosos que participaram do programa de exercício em solo.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3239
Other Identifiers: 2012963900
metadata.dc.description.embargo: 2019-12-16
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Efeito de um programa de cinesioterapia em solo e em meio aquático.pdf
Restricted Access Until 2019-12-15
Artigo Científico524,62 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.