Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3230
Title: Avaliação dos indicadores de saúde materna: um estudo ecológico de 2000 a 2014
Authors: Souza, Dandara Rayssa Silva de
Keywords: Cuidado Pré-natal;Mortalidade Materna;Morte Materna;Indicadores Básicos de Saúde;Serviços de Saúde Materna
Issue Date: 29-Nov-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Dandara Rayssa Silva de. Avaliação dos indicadores de saúde materna: um estudo ecológico de 2000 a 2014. 2016. 28f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem), Faculdade de Ciências da Saúde do Trairí, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2016.
Portuguese Abstract: O objetivo deste trabalho é avaliar e comparar os indicadores quantidade de consultas de pré-natal; nascimentos por tipo de parto; coeficiente de mortalidade materna e número de óbitos maternos. Trata-se de um estudo ecológico, descritivo e analítico, realizado a partir da apreciação de dados secundários relativos à mortalidade materna no estado do Rio Grande do Norte, entre os anos de 2000 e 2014. Para tanto, foram utilizadas informações do SISPACTO para fins de comparação dos dados reais com as metas estimadas. Os resultados mostram que houve um aumento do número de mulheres que realizaram sete ou mais consultas de pré-natal, por sua vez, houve um aumento do número de nascidos vivos por cesariana, além disso, observa-se uma oscilação no número de óbitos maternos por residência no período estudado, atingindo valores superiores às metas pactuadas nos dois últimos anos analisados. Conclui-se que a saúde materna, no Rio Grande do Norte, vem apresentando indicadores negativos no que concerne à mortalidade materna, a pesar de apresentar uma melhoria no acesso ao pré-natal.
Abstract: O objetivo deste trabalho é avaliar e comparar os indicadores quantidade de consultas de pré-natal; nascimentos por tipo de parto; coeficiente de mortalidade materna e número de óbitos maternos. Trata-se de um estudo ecológico, descritivo e analítico, realizado a partir da apreciação de dados secundários relativos à mortalidade materna no estado do Rio Grande do Norte, entre os anos de 2000 e 2014. Para tanto, foram utilizadas informações do SISPACTO para fins de comparação dos dados reais com as metas estimadas. Os resultados mostram que houve um aumento do número de mulheres que realizaram sete ou mais consultas de pré-natal, por sua vez, houve um aumento do número de nascidos vivos por cesariana, além disso, observa-se uma oscilação no número de óbitos maternos por residência no período estudado, atingindo valores superiores às metas pactuadas nos dois últimos anos analisados. Conclui-se que a saúde materna, no Rio Grande do Norte, vem apresentando indicadores negativos no que concerne à mortalidade materna, a pesar de apresentar uma melhoria no acesso ao pré-natal.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3230
Other Identifiers: 2012963249
metadata.dc.description.embargo: 2019-12-13
Appears in Collections:Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliação dos indicadores de saúde materna_ArtigoCientífico.pdf
Restricted Access Until 2019-12-12
Trabalho de Conclusão de Curso706,25 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.