Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3225
Título: Comparação do efeito do treinamento resistido nas alterações dos compartimentos corporais
Título(s) alternativo(s): Comparison of the effect of restricted training on the changes of body compartments
Autor(es): Rocha, Patricia Ribeiro
Palavras-chave: Treinamento Resistido;Composição corporal;Massa magra localizada;Massa gorda subcutânea
Data do documento: 30-Nov-2016
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: ROCHA, Patrícia Ribeiro. Comparação do efeito do treinamento resistido nas alterações dos compartimentos corporais. 2016. 21f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: O excesso do acúmulo de gordura representa um dos maiores fatores de risco no desenvolvimento de doenças, enquanto a massa muscular está inversamente associada com todas as causas de mortalidade e prevalência da síndrome metabólica, independentemente dos níveis de aptidão cardiorrespiratória, como estudos tranversais já demonstraram. O treinamento resistido vem se mostrando eficaz na redução de massa gorda e desenvolvimento da massa muscular nos estudos realizados. A partir destas informações, o presente estudo teve o objetivo de estimar o efeito do treinamento resistido nas alterações dos compartimentos corporais, destacando as regiões de maior e menor redução de gordura e ganho de massa muscular quantificando no grupo a extensão dessas alterações. A amostra foi composta por 5 mulheres e 1 homem, entre 18 e 35 anos, intermediários em musculação. As dobras cutâneas PE, AB, TR, CX e PM e os perímetros corporais da mesma região foram medidos, no pré e pós programa de treinamento resistido com duração de 8 semanas. Os resultados demonstraram uma redução de gordura corporal de todas as dobras cutâneas em todos os participantes. Todos os perímetros foram reduzidos, em valores não significantes estatisticamente, com exceção do braço, onde não houve redução, e aumento de 0,5%.. Constata-se portanto que o exercício resistido é de fato eficaz para perder gordura, e não somente para ganhos de força, como é indicado pela AHA e outras instituições.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3225
Outros identificadores: 2012039093
Aparece nas coleções:Educação Física (bacharelado)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Comparaçãoefeitotreinamento_Rocha_2016Texto Completo700,8 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.