Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3167
Title: Avaliação de diferentes meios de cultivo na expressão do antígeno 503 de Leishmania i. chagasi em Escherichia coli
Other Titles: Evaluation of different culture mediums in the expression of the antigen 503 of Leishmania i. Chagasi in Escherichia coli
Authors: Costa, Laura Pires da Mata
Keywords: antígeno 503;E. coli;Leishmania i. chagasi;Meio de cultivo;Superbroth
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Laura Pires da Mata. Avaliação de diferentes meios de cultivo na expressão do antígeno 503 de Leishmania i. chagasi em Escherichia coli. 2016. 47f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química), Departamento de Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2016.
Portuguese Abstract: A Leishmaniose é uma doença endêmica com um quadro clínico complexo e que pode ser fatal na ausência de tratamento, sendo sua forma visceral conhecida popularmente como calazar. Estima-se o surgimento de 900 mil a 1,3 milhões casos e mais de 20 mil mortes em todo o mundo ocorrem anualmente devido a doença no mundo, sendo o Brasil é um dos países com mais casos da doença. Embora existam longos e complexos estudos nesta área, atualmente não há uma droga que previna o calazar. Felizmente, após o advento da tecnologia do DNA recombinante, diversos micro-organismos vêm sendo usados ao nosso favor, sendo a Escherichia coli o mais utilizado para a produção de proteínas recombinantes. Desta maneira, este trabalho de conclusão de curso consistiu em avaliar o meio de cultivo para produção do antígeno 503 de Leishmania i. chagasi em E. coli. Foram realizados três ensaios, nos quais dois foram com meios complexos (2xTY, SB) e um deles sintético (meio M9), com o objetivo de maximizar a produção de biomassa e da proteína recombinante. O meio Superbroth (SB) teve a maior produtividade em proteínas – 810 mg/L em seis horas, apesar de não ter obtido a maior concentração de biomassa. O meio M9, mesmo com a pior produtividade em células, chama atenção devido sua produção específica, uma vez que a concentração máxima de proteínas foi de 406 mg/L, valor equivalente ao obtido no meio 2xTY.
Abstract: Leishmaniosis (or leishmaniasis) is an endemic disease with a complex clinical picture that can be fatal without treatment, and its visceral form is popularly known as kala-azar. It is estimated that 900 million to 1.3 million cases, and more than 20 thousand deaths occur annually due to this illness in the world. And Brazil is one of the countries with the most cases of the disease. Although there are long and complex studies in the field, there is no drug that prevents kala-azar. Fortunately, after the advent of recombinant DNA technology, several microorganisms are being used in our favor, and Escherichia coli is the one most used for the production of recombinant proteins. Therefore, this course completion work consisted in changing the culture mediums for the production of the antigen 503 of Leishmania i. Chagasi expressed in E. coli. It was done three experiments, in which two of them were complex medium (2xTY, SB), and the other was synthetic (M9), aiming to optimize the production of biomass and the recombinant protein. The Superbroth (SB) medium had the highest protein productivity – 810 mg/L in six hours -, even though it did not have the highest biomass concentration. Moreover, the M9 medium, even having the worse cell productivity, draws attention due to its specific production as its highest protein concentration was 406 mg/L, value equivalent to that obtained using the medium 2xTY.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3167
Other Identifiers: 2012940932
Appears in Collections:Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliacaodediferentes_MonografiaMonografia1,63 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons