Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3055
Title: Análise dos acidentes do trabalho ocorridos na indústria da construção civil no estado do Rio Grande do Norte em 2014.
Authors: Medeiros, Marcos Felipe Lopes de
Keywords: Indústria da Construção Civil, Acidentes do Trabalho, CAT.
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Marcos Felipe Lopes de. Análise dos acidentes do trabalho ocorridos na indústria da construção civil no estado do Rio Grande do Norte em 2014. 2016. 69 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil), Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: A Indústria da Construção Civil apesar de ter grande representatividade na economia potiguar por demonstrar bons indicadores econômicos, além de gerar empregos e renda à população, ainda é um dos setores que apresentam um considerável número de acidentes do trabalho e doenças profissionais. Pois, as ferramentas de controle e gestão com base na saúde e segurança no trabalho são indispensáveis para o desenvolvimento das atividades na construção civil de forma a obter eficácia e eficiência no processo de trabalho e para a manutenção da qualidade de vida e integridade física do trabalhador. Considerando-se a baixa demanda de estudos aliada a uma restrição de informações sobre a temática da saúde e segurança do trabalho no estado do RN, temos que o presente trabalho apresenta um levantamento da incidência de acidentes do trabalho e doenças profissionais na atividade da construção civil no Rio Grande do Norte através dos dados estatísticos oficiais do governo, com a proposta de avaliar a situação dessa temática. Quanto aos objetivos, o estudo baseou-se numa pesquisa do tipo descritiva, pois os dados foram abordados e obtidos a partir da análise das informações contidas nas CATs (Comunicação de Acidente de Trabalho) referente ao período de 2014, coletados junto ao banco de dados do INSS e Ministério da Previdência Social, além dos relatórios publicados nos Anuários Estatísticos de Acidentes de Trabalho e da Previdência Social. Foram observados o tamanho e tipo de atividade da empresa, o perfil do trabalhador, as partes do corpo atingidas e a natureza e causa dos acidentes e das lesões. Após a análise dos dados, percebeu-se que os acidentes por trajeto associados aos atropelamentos, além dos acidentes típicos como os impactos sofridos por objetos, são os de maior ocorrência, de maneira que estes se devem a uma má gestão e organização do trabalho, à falta de atenção das empresas com relação à tecnologia empregada e não à displicência do empregado, como geralmente se afirma. Assim, com base nas possíveis causas dos acidentes de trabalho, é possível delimitar ações e medidas preventivas com o intuito de reduzir a quantidade e o nível de gravidade dos acidentes.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3055
Other Identifiers: 2011062435
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
análise-acidentes-trabalho-Medeiros-Monografia.pdfTCC - 2016.21,61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons