Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/3037
Title: O efeito agudo da facilitação neuromuscular proprioceptiva na força explosiva e resistência muscular de membros inferiores de atletas
Authors: Oliveira Júnior, Júlio Duarte de
Keywords: Alongamento, Performance, Salto, Atletas.;Stretching, Performance, Jump, Athletes.
Issue Date: 1-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA JÚNIOR, Júlio Duarte de. O efeito agudo da facilitação neuromuscular proprioceptiva na força explosiva e resistência muscular de membros inferiores de atletas. 2016. 30f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Estudos prévios mostram diminuição da expressão da força após protocolos de alongamento, enquanto outros afirmam não haver diferença significativa. Assim, o objetivo deste estudo foi verificar se o método de alongamento FNP afeta a força explosiva e na resistência muscular de membros inferiores. Oito universitários atletas de basquete e do sexo masculino foram submetidos a dois protocolos de FNP: a) quatro repetições com 5 segundos de contração isométrica máxima seguida de 30 segundos de alongamento e b) quatro repetições com 5 segundos de contração isométrica máxima seguida de 60 segundos de alongamento. A força explosiva e a resistência muscular de membros inferiores foram avaliadas através de saltos verticais. Foi utilizado o teste t de student para comparação das alturas dos saltos entre os momentos pré e pós alongamento. Os valores dos saltos não diferiram significativamente (p>0,05) após ambos os protocolos de alongamento. Os resultados deste estudo mostraram que protocolos de FNP utilizados parece não afetar agudamente a força explosiva e resistência muscular de membros inferiores.
Abstract: Previous studies showed decrease of strenght expression after stretching protocols, while others states that there aren’t significative diference. Thus, the purpose of this study was to verify if the PNF stretching affect the lower limb explosive force and muscle endurance. Eight university basketball athletes underwent two PNF protocols : a) 4 repetitions with 5-second maximal voluntary isometric contraction and 30 seconds of passive stretch and b) 4 repetitions with 5-second maximal voluntary isometric contraction and 60 seconds of passive stretch. The lower limb explosive force and muscle endurance were assessed through vertical jump. T test was used to compare the jump height between the conditions before and after stretching. There were no difference in the jump heights (p>0,05) after both stretching protocols. The results of this study show that these PNF protocols don’t affect the lower limbs explosive force and muscle endurance.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3037
Other Identifiers: 2013038027
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Efeitoagudofacilitação_2016_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo550,68 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.