Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2963
Title: Caracterização de sistemas microemulsionados para aplicação na recuperação avançada de petróleo
Authors: Feliciano, Nathália Oliveira
Keywords: Microemulsão.;Microemulsion.;Fator de recuperação.;Recuperação avançada.;Sistemas coloidais.;Tensoativo.;Polímero.;Oil recovery factor.;Enhanced recovery.;Colloidal systems.;Surfactant.;Polymer.
Issue Date: 15-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FELICIANO, Nathália Oliveira. Caracterização de sistemas microemulsionados para aplicação na recuperação avançada de petróleo. 2016. 41 f. TCC (Graduação) - Curso de Química do Petróleo, Centro de Ciências Exatas e da Terra., Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Os reservatórios, após a exaustão de sua energia natural, retêm grandes quantidades de hidrocarbonetos. Em média, o fator de recuperação após as operações de recuperação primária e secundária de petróleo está entre 30 e 50% e isto pode ser atribuído, basicamente, à alta viscosidade do petróleo, à geologia da formação e às elevadas tensões interfaciais entre os fluidos do reservatório. Diante disso, faz-se necessário a aplicação dos chamados métodos de recuperação avançada como forma de aumentar o deslocamento do óleo. Os sistemas coloidais têm sido estudados como alternativas na busca de se aumentar o fator de recuperação de óleo em reservatórios. Os sistemas à base de tensoativos têm como finalidade diminuir a tensão superficial entre a rocha reservatório e o óleo, proporcionando o escoamento desse óleo, enquanto o polímero age dando carga ao óleo preso na rocha e o expulsando do poro para o interior do poço. Há, também, o uso de sistemas microemulsionados, uma vez que estes são termodinamicamente estáveis e apresentam a capacidade de reduzir as tensões interfaciais, atuando diretamente no óleo residual. A partir deste contexto, este trabalho objetiva estudar a caracterização de sistemas microemulsionados (sistemas M) e microemulsionados com polímeros (sistemas P), com o intuito de comparar esses sistemas e estudar, principalmente, os fenômenos de interface e carga simultaneamente, usando as técnicas de tamanho de gotícula, tensão superficial, ângulo de contato e reologia pra auxiliar na elucidação dos fenômenos envolvidos. Os sistemas microemulsionados selecionados foram obtidos escolhendo-se pontos a partir de um diagrama pseudoternário utilizando água destilada (FA), heptano (FO), butanol secundário (C) e ultranex np 120 (T), numa razão C/T = 1. A região de microemulsão é rica em fase aquosa, o que facilita a solubilidade do polímero (acido poliacrílico). Foram escolhidas seis formulações a partir do diagrama. As formulações tinham uma FO de 5% m/m, enquanto as porcentagens de C/T e FA eram variadas em uma faixa de 35 a 60%. Seis outros sistemas foram criados com a adição de 0,2% m/m de polímero. Finalmente, foram selecionados os sistemas M1 e P1 como os que apresentaram as melhores propriedades para futuras aplicações em ensaios de recuperação avançada, uma vez que proporcionam um menor custo com reagentes e, ainda assim, alcançaram os resultados satisfatórios.
Abstract: The reservoirs, after exhaustion of its natural energy, retain large quantities of hydrocarbons. On average, the recovery factor after primary and secondary oil recovery operations is between 30 and 50% and this can be attributed primarily to the high viscosity of the oil, the geology of the formation and high interfacial tension between the fluids reservoir. Therefore, it is necessary to apply the so-called enhanced recovery methods in order to increase the oil displacement. Colloidal systems have been studied as alternatives in the search to increase ease of displacement of the oil. The surfactants based systems are intended to reduce the surface tension between the reservoir rock and the oil, while the polymer acts giving load to the injected fluid to improving the mobility of the trapped oil in the rock. There is also the use of microemulsion systems, since they are thermodynamically stable and have the ability to reduce interfacial tensions, acting directly on the residual oil. From this context, this work aims to study the characterization of microemulsion systems (M systems) and microemulsion with polymers (P systems), in order to compare these systems and study, especially, the interfacial interaction phenomena and charge simultaneously using the droplet size techniques, surface tension, contact angle and rheology for help to elucidate the phenomena involved. The selected microemulsion systems were obtained by choosing points from a pseudoternário diagram using distilled water (FA), heptane (FO), secondary butanol (C) and Ultranex 120 (T) in a ratio T / C = 1.A microemulsion region is rich in aqueous phase, which facilitates the solubility of the polymer (polyacrylic acid). Six formulations were selected in the diagram. The formulations had oil phase of 5% w/w, while the percentages of C/T and FA were varied in a range of 35% to 60%. Six other systems have been created with the addition of the 0.2% w/w polymer. Finally, the M1 e P1 systems were selected as they showed the best properties for future applications in advanced recovery testes, since they provide a lower cost with reagents and, even so, achieved satisfactory results.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2963
Other Identifiers: 2012960739
Appears in Collections:Química do Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CaracterizaçãoSistemasMicroemulsionados_FELICIANO_2015.pdf1,44 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.