Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2908
Title: O apoio institucional e a condição socioeconômica do aluno de graduação de odontologia e o envolvimento com a iniciação científica
Authors: Silva, Jadson Silvestre da
Keywords: Educação em odontologia;Pesquisa;Estudantes de odontologia;Odontologia
Issue Date: 4-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Jadson Silvestre da. O apoio institucional e a condição socioeconômica do aluno de graduação de odontologia e o envolvimento com a iniciação científica. 2015. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Os programas de iniciação científica são relevantes no desenvolvimento pessoal diferenciado dos alunos que desejam ser pesquisadores e para aqueles que optam pelo exercício profissional, principalmente para os cursos de saúde, que vivem em atualização científica constante. O presente trabalho teve como objetivo analisar a relação do apoio institucional e a condição socioeconômica no envolvimento do aluno de graduação de Odontologia em programas de iniciação científica. A população do estudo foi composta por 6.707 alunos concluintes de cursos de Odontologia, que participaram do ENADE 2010. A maioria dos alunos (95,1%) relatou que sua Instituição de Educação Superior oferece atividades complementares e apenas 2,9% disseram que não existem programas de iniciação científica. A falta de incentivo institucional, que neste estudo se caracterizou por problemas na disponibilidade de periódicos, ausência de apoio financeiro para participação em eventos científicos e docentes que não incentivaram a pesquisa em sala de aula foram determinantes para uma menor participação dos alunos em programas de iniciação cientifica. Além disso, o aluno que precisa trabalhar mais de 20 horas por semana também apresentou menos possibilidade de participar desses programas.
Abstract: Scientific initiation programs are relevant in personal development of students who wish to be researchers and for those who opt for professional practice, mainly for health courses, living in constant scientific update. This study aimed to analyze the relationship of institutional support and socioeconomic status of Dentistry graduate student in scientific initiation. This study aimed to analyze the relationship of institutional support and socioeconomic status of Dentistry graduate student in scientific initiation programs. The study population consisted of 6,707 students graduating from dental schools, who participated in the ENADE 2010. Most of the students (95.1%) reported their education institution offers additional activities and only 2.9% related no scientific initiation programs. The lack of institutional incentive, which in this study was characterized by problems in the availability of periodicals, lack of financial support for participation in scientific events and teachers who do not have encouraged research in the classroom were instrumental in a smaller student participation in induction programs scientific. In addition, the student who needs to work more than 20 hours per week also had less opportunity to participate in these programs.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2908
Other Identifiers: 2010067142
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2015] O APOIO INSTITUCIONAL E A CONDIÇÃO SOCIOECONÔMICA DO ALUNO DE GRADUAÇÃO DE ODONTOLOGIA E O ENVOLVIMENTO COM A INICIAÇÃO CIENTÍFICA.pdfTrabalho de conclusão de curso - odontologia 2015.2353,85 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.