Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2889
Title: Geodiversidade da cidade do Natal (RN): valores, classificações e ameaças
Other Titles: Geodiversity of the city of Natal (RN): values, classifications and threats
Authors: Silva, Matheus Lisboa Nobre da
Keywords: Geodiversidade;Geodiversity;Valores;Values;Natal
Issue Date: 25-May-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Matheus Lisboa Nobre da. Geodiversidade da cidade do Natal (RN): valores, classificações e ameaças. 2016. 170f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geologia) - Departamento de Geologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal - RN, 2016.
Portuguese Abstract: A geodiversidade do planeta é compreendida por todos os recursos abióticos que compõem a natureza: solos, minerais, rochas, rios, lagoas, paisagens e fenômenos naturais como o intemperismo e magmatismo. A partir disto, pesquisadores têm focado seus estudos, sob esta nova óptica das geociências, desde a década de 1990, se aproveitando também da multidisciplinaridade permitida pela geodiversidade e divulgando os conteúdos geológicos pela sociedade. No Brasil, o uso do termo geodiversidade começou na década de 2000 e vem sendo intensificado ao longo dos anos recentes, sendo também aplicado nas interpretações de usos dos recursos do meio abiótico nas cidades, como em monumentos, arruamentos e edifícios. Em Natal, capital do Rio Grande do Norte, além das belas paisagens, compostas por praias, dunas, falésias, rios, mangues e lagoas, existem diversos registros de usos dos recursos da geodiversidade, sobretudo, de rochas em monumentos e edifícios, históricos e recentes, e nas primeiras ruas da cidade. Observa-se o uso de rochas sedimentares, como arenitos calcíferos e ferruginosos, ígneas, especialmente granitos retirados da cidade vizinha Macaíba, e metamórficas, como os mármores correlatos à Formação Jucurutu. Ao longo de toda a história da cidade, que perpassa mais de 400 anos, a geodiversidade mostra-se sempre presente, desde os primórdios da cartografia local, que remonta ao período de ocupação holandesa, em que o ambiente natural fora retratado fidedignamente. Os estudos desenvolvidos neste trabalho abordam a geodiversidade da cidade do Natal que ocorre de forma natural, in situ, ou aliada ao patrimônio cultural local, ex situ, na região da cidade. São feitas descrições dos valores da geodiversidade, de acordo com os serviços ecossistêmicos, como definidos por Murray Gray, além da classificação dessas ocorrências, naturais ou não, de acordo com seus valores e extensão areal. Ainda são apresentadas considerações sobre as principais ameaças que afetam a geodiversidade e que podem culminar na remoção de suas características e ocorrências na cidade.
Abstract: Geodiversity of the planet is understood by all abiotic resources that make up the nature: soils, minerals, rocks, rivers, lakes, landscapes and natural phenomena such as weathering and magmatism. From this, researchers have focused their studies under this new perspective of geosciences since the 1990s, also taking advantage of the multidisciplinary allowed by geodiversity and disseminating the geological content through the society. In Brazil, the use of the geodiversity term began in the 2000s and has been intensified over the recent years, also applied to the interpretations of the abiotic resources’ use in cities, such as on monuments, streets and buildings. In Natal, capital of Rio Grande do Norte, besides the beautiful landscapes composed by beaches, dunes, cliffs, rivers, wetlands and lakes, there are many records of uses of geodiversity’ resources, especially of rocks in buildings and monuments, historical and recent, and on the first streets of the city. It’s noted the use of sedimentary rocks, such as calciferous and ferruginous sandstones, igneous, especially granite taken from the nearby town Macaíba, and metamorphic, as the marbles related to the Jucurutu Formation. Throughout the history of the city, running through more than 400 years, geodiversity is present since the beginning of the local mapping, dating back to the Dutch occupation period, in which the natural environment was portrayed faithfully. The studies developed in this work addresses the geodiversity of Natal that occurs naturally, in situ, or along with the local cultural heritage, ex situ, in the city’s region. Descriptions of the geodiversity values are made, according to ecosystem services, as defined by Murray Gray, as well as classification of these occurrences, natural or not, according to their values and areal extent. It’s also made some considerations on the major threats to geodiversity that may result on the removal of their characteristics and occurrences in the city.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2889
Other Identifiers: 2011057927
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GeodiversidadeNatal_Silva_2016.pdfMonografia4.91 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons