Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2873
Title: Uma abordagem histórica da equação do 2 º grau
Authors: Filho, Vicente de Freitas
Keywords: Equação do 2º grau;História da Matemática
Issue Date: 11-Jul-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FILHO, Vicente de Freitas. Uma abordagem histórica da equação do 2º grau. 2016. 70f. Monografia (Especialização em Ensino de Matemática), Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Desenvolveu-se neste trabalho um estudo a respeito das equações do 2º grau, a partir de reflexões e discursões sobre os elementos evolutivos presentes na história da equação. Destacamos, a história da matemática e sua importância para o processo de ensino da matemática. Apresentamos algumas considerações acerca da equação do 2º grau, ressaltando alguns estudiosos e as orientações dos PCN (BRASIL, 1997; 1998). Desenvolvemos nossos estudos direcionados por uma linha cronológica e evolutiva de como surgiu os primeiros registros históricos e os métodos de resolução. O marco inicial para o surgimento ou registro, consta da civilização egípcia que em seus papiros representavam os resultados de seus estudos. Surgiram ainda os Babilônios (Mesopotâmicos) que apresentavam suas soluções como “receitas” para aquele problema. Já os gregos apresentaram resultados mais de cunho algébrico e geométrico, indo além das outras civilizações, construindo uma teoria para fundamentar seus estudos. Os árabes também desenvolveram um tratado sobre os seis tipos de equações, produzido uma fórmula para cada tipo de equação. Ao se analisar a abordagem realizada pela civilização Hindu, vemos que esta produziu resultados muito importantes, o método de completar quadrados e também a fórmula de Bhaskara, que apresentou um método para a obtenção de solução que é utilizado até hoje. Já os chineses, desenvolveram um método próprio para determinar a solução. Os europeus por sua vez, apresentaram resultados mais significativos, mostrando maneiras diferentes de se obter o conjunto solução das raízes da equação. No contexto atual vemos que a fórmula de Bhaskara é a que se utiliza no ensino de matemática no Brasil.
Abstract: We developed in this work a study about the 2nd degree equations, from reflections and discussions on the evolutionary elements present in the history of the equation. We point out, the history of mathematics and its importance to the mathematics teaching process. Here are some considerations about the 2nd degree equation, highlighting some scholars and the guidelines of the CPN (BRAZIL, 1997; 1998). We develop our studies directed by a chronological and evolutionary line how did the first historical records and the method of resolution. The starting point for the emergence or record, consists of Egyptian civilization in its papyri represented the results of their studies. still emerged the Babylonians (Mesopotamians) presenting their solutions as "recipes" for that problem. Already the Greeks showed results over algebraic and geometric nature, going beyond the other civilizations, constructing a theory to support their studies. The Arabs also developed a treatise on the six types of equations produced a formula for each type of equation. When analyzing the approach carried out by Hindu civilization, we see that it is produced very important results, the method of completing squares and also the quadratic formula, which presented a method for obtaining solution that is used today. Already the Chinese have developed a method to determine the solution. European turn showed significant results, showing different way to obtain the solution set of roots of the equation. In the present context we see that the formula is Bhaskara that is used in mathematics teaching in Brazil.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2873
Other Identifiers: 2015201260
Appears in Collections:CCET_Especialização Ensino de Matemática para o Ensino Médio

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1 - MONOGRAFIA CORRIGIDA.pdf1,11 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.