Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2717
Title: História para quê? Uma análise da influência dos livros didáticos de história, nos anos iniciais do Ensino Fundamental, para a formação cidadã
Authors: Araújo, Francisca Simone da Cunha
Keywords: Livro didático;Intencionalidades;PNLD;Textbook;Intentions
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Francisca Simone da Cunha. História para quê? Uma análise da influência dos livros didáticos de história, nos anos iniciais do Ensino Fundamental, para a formação cidadã. 2016. 32f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia a Distância), Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Nas escolas os livros mais utilizados são os didáticos. São instrumentos pedagógicos interessantes para o ensino, mas que devem ser pensados, também, como resultados de uma série de ideologias e princípios norteadores da organização social a qual seus autores estão submetidos. Nesta perspectiva o presente trabalho objetiva analisar as intencionalidades do livro didático de História do ensino fundamental, anos inicias, pontuando fatores como metodologia do ensino, formação docente e construção do pensamento histórico. Para construção dos dados analisamos os Editais do PNLD e seus guias, nos detendo em seis resenhas das coleções Aprender Juntos História das Edições SM, Brasiliana História da Editora IBEP, Pequenos Exploradores História da Editora Positivo e na coleção Manacá História, da Editora Positivo, 1ª edição, 2014. Nos respaldando nos estudos de Oliveira (2003), Choppin (2004), Pastro e Contiero (2002), Saviani (2007), Aranha (1989) e nos PCNs (1998). As investigações apontam que tanto as resenhas quanto a coleção procuram contemplar as exigências do PNLD. Tais diretrizes trabalham na perspectiva de formar, mediante os conteúdos contemplados, cidadãos críticos, conscientes dos processos históricos e responsáveis pela formação do território nacional, bem como, da contribuição de diferentes povos para a diversidade. Assim, constatamos contemporaneamente mudanças conceituais e metodológicas significativas presentes nos Livros Didáticos de História.
Abstract: In schools the most used books are the textbooks. They are interesting pedagogical tools for teaching, but should be thought of, also, as a result of a series of ideologies and guiding principles of social organization to which the authors are submitted. In this perspective the present study aims to analyze the intentions of the history textbook of elementary school, initial years, punctuating factors such as teaching methodology, teacher training and construction of historical thinking. For the construction of the data we analyzed the issuances of PNLD and their guides, detaining ourselves in six reviews of the collections Learning Together History from SM Publishers, Brasiliana History from IBEP Publisher, Small Explorers History from Positivo Publisher and in the collection Manacá History, from Positivo Publisher, first edition, 2014. Based on studies from Oliveira (2003), Choppin (2004), Pastro and Contiero (2002), Saviani (2007), Aranha (1989) and on the PCNs (1998). Investigations show that both the reviews and the collection seek to contemplate the PNLD requirements. Such guidelines work in the perspective of forming, by the contemplated contents, critical citizens, aware of the historical processes and responsible for the formation of the national territory, as well as of the contribution of different peoples for diversity. Thus, contemporaneously we found significant conceptual and methodological changes present in the history textbooks.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2717
Other Identifiers: 2012030660
Appears in Collections:Pedagogia (A distância)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HistóriaPraQuê_Artigo_2016.pdf281,8 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons