Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2608
Title: Tensoativo SEAR como agente redutor e estabilizador de nanopartículas de prata
Authors: Costa, Isadora Dantas
Keywords: Nanopartículas de prata.;Corrosion.;9,10-epóxi-12 hidroxioctadecanoato de sódio.;Química-verde.;Corrosão.;Silver nanoparticles.;Green chemistry.;Sodium 9,10-epoxy-12-hydroxy octadecanoate.
Issue Date: 22-Jun-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Isadora Dantas. Tensoativo SEAR como agente redutor e estabilizador de nanopartículas de prata. 2016. 33f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química do Petróleo) - Instituto de Química, Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal - RN, 2016.
Portuguese Abstract: Nanopartículas de prata têm sido sintetizadas de diversas maneiras, entre elas se destacam os métodos de sínteses que procuram se encaixar aos parâmetros de química-verde, buscando fazer com que essas sínteses sejam menos danosas ao ambiente. Este trabalho aborda a síntese de NPsAg por uma rota verde, utilizando o tensoativo 9,10-epóxi-12 hidroxioctadecanoato de sódio, um tensoativo de origem vegetal que atua como agente redutor e estabilizador de NPsAg. A Partir da espectroscopia de UV-Vis foi possível confirmar a formação do material nanoestruturado em forma esférica e avaliar sua formação quanto à concentração de SEAR utilizada para sua síntese. O método de microscopia de transmissão eletrônica pôde avaliar o tamanho das NPsAg com base na concentração de tensoativo utilizada, mostrando que concentrações antes da CMC produzem NPs com tamanhos inferiores as sintetizadas com concentrações após a CMC. A espectroscopia na região de infravermelho pelo modo ATR mostrou um deslocamento da banda de estiramento assimétrico do carboxilato na região de 1564 cm-1, identificando que as NPsAg interagem com o tensoativo a partir desse grupo funcional. Os resultados mostram eficiência no uso do SEAR para sintetizar NPsAg tendo como perspectiva futura utilizar o material como inibidor de corrosão.
Abstract: Silver nanoparticles have been synthesized in several ways, between them the methods of synthesis who are agree with the parameters of green chemisty stands out, trying to make these synthesis are less harmful to the environment. This paper deals with synthesis of silver NPs by green pathway, using the surfactant sodium 9,10-epoxy-12-hydroxy octadecanoate, a surfactant derived from vegetable origin which act as a reducing agent and stabilizer agent of NPsAg. From the UV-Vis was possible to confirm the formation of nanoparticles in spherical shape and evaluate their formation as the concentration of SEAR used for their synthesis. The Transmission electron microscopy method could estimate the size of NPsAg regarding on the concentration of surfactant used, showing that concentration before the MCC produce NPs with smaller sizes than those synthesized with concentrations after the MCC. The Infrared spectroscopy with ATR presented a displacement of the asymmetric stretch band in region carboxylate region at 1564 cm-1, identifying that the NPsAg interact with the surfactant from this functional group. The results showed efficiency in the SEAR use to synthesize NPsAg having as future perspectives use the material as a corrosion inhibitor.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2608
Other Identifiers: 2012960588
Appears in Collections:Química do Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AgenteRedutor_Costa_2016.pdfMonografia1.35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.