Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2490
Título: Características dos processos produtivos de refeições na implantação do NutriSus em municípios do Rio grande do Norte
Autor(es): Sousa, Oliva Maria da Silva
Palavras-chave: NutriSus;Implantação da estratégia;Planejamento, elaboração e aceitabilidade do Programa
Data do documento: 9-Jun-2016
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: SOUSA, Oliva Maria da Silva. Características dos processos produtivos de refeições na implantação do NutriSus em municípios do Rio grande do Norte. 2016. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de Nutrição, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi - FACISA, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz - RN, 2016.
Resumo: Trata-se de uma pesquisa descritiva, de levantamento e transversal, que objetiva avaliar as características dos processos produtivos de refeições na implementação do NutriSus em quatro municípios do Rio Grande do Norte. Para a coleta de dados, foram realizadas visitas e entrevistas, às creches e ao Responsável Técnico de cada município participante, para observação e abordagem de questionamentos a fim de avaliar como foi a implantação do NutriSus, além de gravações das entrevistas e transcrição dos áudios obtidos. Esses dados possibilitaram o conhecimento sobre as estratégias utilizadas em cada cidade para à implantação do Programa, no intuito de saber se foi necessária a realização de novos planejamentos de cardápios, implantação ou ajustes em algumas preparações, além de se verificar como está sendo a aceitabilidade por parte dos pais e das merendeiras participantes. Para atingir o resultado esperado do Programa, faz-se necessário seguir o esquema de administração recomendado: dois meses de suplementação com intervalo de três ou quatro. Nos municípios visitados, viu-se que a implantação da estratégia se deu apenas como um projeto piloto, acontecendo em alguns meses do ano de 2014 ou 2015, não completando o ciclo, sem progressão em 2016 e com um número limitado de crianças. Desse modo, foi possível perceber que é complexo implantar um novo programa, independentemente da esfera governamental que o rege. Antes do Programa ser direcionado para o público final, é fundamental que esteja bem estruturado, sendo importante constatar diversos fatores necessários à sua correta execução.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2490
Outros identificadores: 2012964264
metadata.dc.description.embargo: 2019-06-23
Aparece nas coleções:FACISA - Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo Oliva Sousa.pdfArtigo Principal507.36 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.