Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2456
Title: Diversidade, composição e aspectos da ecologia de taxocenose de serpentes em área serrana de caatinga no nordeste do Brasil
Other Titles: Diversity, composition and aspects of Ecology of Taxocenose of Snakes on mountainous area of Caatinga in Northeastern Brazil
Authors: Rêgo, Bruno de Paiva
Keywords: Semiárido;Semiarid;Dieta de serpente;Snake diet;Caatinga lato sensu;Lato sensu Caatinga
Issue Date: Jun-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RÊGO, Bruno de Paiva. Diversidade, composição e aspectos da ecologia de taxocenose de serpentes em área serrana de caatinga no nordeste do Brasil. 2016. 89 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas), Departamento de Botânica e Zoologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Estudos ecológicos sobre os Répteis da Caatinga tiveram início na década de 1970, se intensificaram nas últimas duas décadas, mas poucos abordam ecologia de serpentes, principalmente de Caatinga lato sensu. Nesse contexto, este trabalho teve como objetivos inventariar as espécies e estudar aspectos da ecologia de Taxocenose de serpentes em parte da Serra de Santana, Lagoa Nova, RN. Foram realizadas expedições semestrais por 20 dias consecutivos, entre março/2014 e setembro/2015. A procura e coleta de espécimes foram efetuadas por buscas ativas ao longo de transecções, armadilhas de interceptação e queda e encontros ocasionais. Durante 1.040 horas.homem de esforço em buscas e 3.600 dias.balde, foram registrados 72 espécimes pertencentes a 14 espécies, destacando-se Thamnodynastes sp. 2, endêmica da Caatinga e em fase de descrição. A diversidade de espécies foi alta (H’ = 3,026; índice varia entre 1,5 e 3,5), e Oxyrhopus trigeminus foi a mais frequente (38,89%). O hábitat mais utilizado foi vegetação arbustiva (nove espécies) e as mais generalistas quanto ao uso do hábitat, foram O. trigeminus, Bothrops erythromelas e Philodryas nattereri. Os microhábitats mais utilizados foram solo arenoso e solo terroso, e B. erythromelas, P. nattereri e O. trigeminus se confirmaram como mais generalistas também quanto ao uso de microhábitats. Em relação aos hábitos, seis espécies são diurnas, cinco noturnas e duas de hábito diurno-noturno. Altos índices de sobreposição constataram-se no uso de hábitats, mas houve segregação quanto aos microhábitats e período de atividade. O maior indivíduo foi uma fêmea de P. nattereri; não foi identificado dimorfismo sexual nesta taxocenose. Quanto à ecologia trófica, a diversidade de presas também foi alta (H’ = 3,130) e a dieta composta principalmente por lagartos. Não houve correlação entre os dados morfométricos e o volume e comprimento das presas para nenhuma das espécies. Os resultados obtidos são relevantes para subsidiar avaliação de aspectos ecológicos pouco esclarecidos, em especial sobre possíveis padrões e/ou processos diferenciados entre Caatinga de altitude no Planalto da Borborema (lato sensu) e de Depressão Sertaneja Setentrional (stricto sensu).
Abstract: Ecologic studies about Caatinga reptiles began in the 1970s, have been intensified in the past two decades, however few of them cover snakes ecology, mainly lato sensu Caatinga. In this context, this work aims to inventory the species and carry out the Taxocenose aspects of ecology of snakes from Serra de Santana, Lagoa Nova, RN. There were semiannual expeditions for 20 consecutive days, in between from March, 2014 and September, 2015. The search and collection of specimens were done through active search along transects, pitfall traps and casual encounters. Throughout effort of 1040 hours.man in search and 3600 days.bucket, 72 specimens belonging to 14 species were registered, with significant presence of Thamnodynastes sp. 2, endemic of Caating and in description phase. The diversity of species was high (H’ = 3.026; index ranges from 1.5 e 3.5), and Oxyrhopus trigeminus, was the most frequent (38.89%). The habitat mostly used was shrubby vegetation (nine species) and the most generalists when it comes to usage of habitat were O. trigeminus, Bothrops erythromelas and Philodryas nattereri. The microhabitats mostly used were sandy soil and earthy ground, and B. erythromelas, P. nattereri and O. trigeminus also confirmed as generalists, and widely seen in different microhabitats. In relation to habits, six species were diurnal, five were nocturnal, and two species of day-and-night habits. High levels of overlap were noticed to habitats, however there was segregation of habitats and periods of activities. The biggest individual found was a female P. nattereri; it was not noticed any sexual dimorphism nor taxocenose. As for foodchain, the diversity of preys was high (H’ = 3.130), and the diet mainly lizards based. There was no correlation between morphometric data and volume and length of preys to any of the species. The results are relevant to support evaluation of ecological aspects barely explored before, specially on possible patterns and/or processes between areas of Caatinga of altitude on Planalto da Borborema (lato sensu) and Depressão Sertaneja Setentrional (stricto sensu).
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2456
Other Identifiers: 2012971204
Appears in Collections:Ciências Biológicas (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EcologiaTaxocenose_Rego_2016.pdfMonografia3,43 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.