Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2453
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSureira, Thaiz Mattos-
dc.contributor.authorGomes, Jéssica Raissa Carlos-
dc.date.accessioned2016-06-30T13:24:13Z-
dc.date.issued2016-06-10-
dc.identifier2012964101pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2453-
dc.description.abstractThe objective of this research was to evaluate the performance in recognition memory test after the carbohydrate solution administration in the form of ingesting and mouth rinse. Were evaluated 79 participants grouped into four groups: mouth rinse maltodextrin, mouth rinse placebo, ingesting maltodextrin, ingesting placebo. For the groups administered with maltodextrin was a solution of 50 ml of water with 6% maltodextrin. Survey participants performed a word recognition test and also evaluated the level of confidence of their responses. To estimate the contributions of recollection and familiarity components were used in the performance levels of trust to build ROC curves. This study found no influence of maltodextrin solutions on performance recognition test related to the familiarity of components and memory, but behind evidence that simply mouth rinse the maltodextrin solution improves word recognition to exercise positive role for most number of hit. Thus, this finding adds to others that suggest that carbohydrate solution rinses through gustatory receptor is able to activate specific regions of the brain with positive impact on the improvement of cognitive functions in the case of this study, the improvement in word recognition memory.pr_BR
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsembargoedAccesspr_BR
dc.subjectcarboidrato; memória; lembrança; familiaridade.pr_BR
dc.subjectcarbohydrate; memory; recollection; familiarity.pr_BR
dc.titleAvaliação da memória episódica após o bochecho ou ingestão de solução de carboidratopr_BR
dc.title.alternativeEvaluation episodic memory after carbohydrate solution ingestion or mouth rinsepr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.description.embargo2019-06-21-
dc.contributor.advisor-co1Hindiael Aeraf Belchiorpr_BR
dc.contributor.referees1Freitas, Rodrigo Pegado De Abreu-
dc.contributor.referees2Fernandes, Cleanto Rogério Rego-
dc.description.resumoO objetivo dessa pesquisa foi avaliar o desempenho em teste de memória de reconhecimento após a administração de solução de carboidrato sob a forma de ingestão e bochecho. Foram avaliados 79 participantes agrupados em quatro grupos: bochecho maltodextrina, bochecho placebo, ingestão maltodextrina, ingestão placebo. Para os grupos com maltodextrina foi administrada uma solução de 50 mL de água com 6% de maltodextrina. Os participantes da pesquisa realizaram um teste de reconhecimento de palavras e também avaliaram o nível de confiança de suas respostas. Para estimar as contribuições dos componentes de lembrança e familiaridade no desempenho foram utilizados os níveis de confiança para construir curvas ROC. O presente estudo não verificou influência das soluções de maltodextrina sobre o desempenho em teste de reconhecimento relacionado aos componentes de familiaridade e lembrança, mas trás evidências de que o simples fato de bochechar a solução de maltodextrina melhora o reconhecimento de palavras por exercer papel positivo para maior número de acerto. Desse modo, esse achado soma-se a outros que propõem que o bochecho de solução de carboidrato através de receptores gustativos é capaz de ativar algumas regiões específicas do cérebro com impacto positivo para a melhoria de funções cognitivas, no caso deste estudo, a melhoria na memória de reconhecimento de palavras.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentNutriçãopr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
Appears in Collections:FACISA - Nutrição



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.