Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2342
Title: Análise comparativa entre os modelos analíticos de distribuição de cargas em tabuleiros de pontes com longarinas retas de engesser-courbon e guyon-massonet com o modelo das reações de apoio proposto.
Authors: Medino, Ulana de Andrade
Keywords: Pontes. Concreto Armado. Distribuição de cargas. Tabuleiros de vigas múltiplas.;Bridges. Reinforced Concrete. Load Distribution. Decks with Multiple Girders.
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Portuguese Abstract: Pontes com tabuleiros de vigas múltiplas são aquelas cuja superestrutura é formada por mais de duas vigas principais, mais conhecidas como longarinas. A utilização desse tipo de sistema estrutural tem sido comumente implantada quando comparado aos diversos tipos estruturais utilizados na atualidade. Desta forma, o estudo da distribuição transversal de cargas em tabuleiros deste tipo de ponte é de extrema importância para dimensionar os elementos da superestrutura. No entanto, este estudo não é uma tarefa fácil para o engenheiro projetista, uma vez que o problema apresenta elevado grau de hiperestaticidade. A obtenção dos esforços solicitantes e reações de apoio em tabuleiros de vigas múltiplas ainda são realizadas através de soluções simplificadas de cálculo. As atuais normas vigentes brasileiras não especificam nenhum método de cálculo para o caso em questão, este fato motiva o estudo e aprimoramento dos modelos existentes. O presente trabalho visa descrever e comparar alguns modelos analíticos com o objetivo de quantificar as parcelas de cargas atribuídas efetivamente a cada uma das longarinas, possibilitando assim o dimensionamento desses elementos estruturais. São eles o método de Engesser-Courbon e Guyon-Massonet. O método de Engesser-Courbon é classificado como descontínuo, onde o problema é resolvido por meio da analogia de grelha, o método de Guyon-Massonnet, por sua vez, é classificado como contínuo, sendo a análise feita como laje ortotrópica. Após a descrição dos métodos, serão apresentados dois modelos estruturais de ponte com tabuleiro composto por três e sete longarinas. A esses modelos serão aplicados os métodos de repartição de carga estudados, a fim de analisar os esforços de momento fletor e cortante máximos. Os resultados alcançados serão comparados com os resultados de um modelo proposto pelo autor que consiste na determinação das reações de apoio correspondentes a cada longarina quando o veículo tipo é posicionado da maneira mais desfavorável.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2342
Other Identifiers: 2010046773
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_Ulana de Andrade Medino.pdfMonografia4,91 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.