Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2328
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBezerra, Ingrid Wilza Leal-
dc.contributor.authorPereira, Gabriela Santana-
dc.date.accessioned2016-06-17T16:39:56Z-
dc.date.issued2016-05-18-
dc.identifier2012955210pr_BR
dc.identifier.citationPEREIRA, Gabriela Santana. Perfil de alimentação ofertada em empresas vinculadas ao programa de alimentação do trabalhador no Rio Grande do Norte. 2016. 36f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Departamento de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2328-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsrestrictedAccesspr_BR
dc.subjectPrograma de Alimentação do Trabalhadorpr_BR
dc.subjectCobertura nutricionalpr_BR
dc.subjectPlanejamento alimentar e dietéticopr_BR
dc.titlePerfil de alimentação ofertada em empresas vinculadas ao programa de alimentação do trabalhador no Rio Grande do Nortepr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.description.embargo2019-
dc.contributor.referees1Bezerra, Ingrid Wilza Leal-
dc.contributor.referees2Medeiros, Gidyenne Chrystine Bandeira Silva de-
dc.description.resumoO presente estudo teve como objetivo avaliar o perfil da alimentação ofertada aos trabalhadores de empresas vinculadas ao Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) no Estado do Rio Grande do Norte, quanto aos aspectos dietéticos. Foi um estudo de caráter descritivo, realizado em quatro indústrias têxteis localizadas na Grande Natal/RN, cadastradas no Programa de Alimentação do Trabalhador e com responsáveis técnicos habilitados em nutrição, onde se avaliou cinco cardápios referentes a uma semana de oferta de alimentos e à refeição do almoço. A análise dos cardápios demonstrou que as refeições ofertadas pelas empresas beneficiadas pelo PAT são hipercalóricas, hiperproteicas, hipoglicídicas, normolipídicas e hipersódicas. Quanto aos outros elementos alimentares, observou-se que a oferta de fibra e sódio foi superior ao preconizado pelo programa. Em relação à oferta de legumes e verduras, eram fornecidos pelo menos uma porção/dia e a oferta de frutas teve adequação média de 75%. Quanto aos aspectos qualitativos, verificou-se que as indústrias realizam ações de promoção de práticas alimentares saudáveis apenas uma vez por ano. Sendo assim, o estudo demonstrou que as indústrias beneficiadas pelo Programa de Alimentação do Trabalhador no estado do Rio Grande do Norte, ainda necessitam adequar sua oferta de alimentos e nutrientes aos parâmetros nutricionais estabelecidos pela Portaria no 66. Isso mostra a importância de uma atuação eficiente do profissional nutricionista na área da alimentação coletiva, promovendo alimentação adequada por meio do planejamento de cardápios nutricionalmente apropriados e de ações frequentes de promoção de práticas alimentares saudáveis.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentNutriçãopr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Nascimento, Annamaria Barbosa do Nascimento-
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Perfilalimentaçãoofertada_2016_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo846,49 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.