Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2257
Title: Estado nutricional antropométrico e composição corporal de praticantes de ballet clássico
Authors: Cysneiros, Laura Van Rooijen
Keywords: Ballet Clássico. Estado Nutricional. Composição corporal.
Issue Date: 1-Jun-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CYSNEIROS, Laura Van Rooijen. Estado nutricional antropométrico e composição corporal de praticantes de ballet clássico. 2016. 18f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Departamento de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Introdução: No ballet clássico para se obter um bom resultado é necessário unir a técnica com a performance física. Estas podem ser influenciadas tanto pelo estado nutricional quanto pela composição corporal. O objetivo desse trabalho foi avaliar o estado nutricional antropométrico de praticantes de ballet clássico, comparando com praticantes de musculação e sedentárias. Método: Participaram praticantes de ballet clássico (n=10), praticantes de musculação (n=20) e sedentárias (n=18) do sexo feminino. Foram coletadas as medidas de peso, altura, dobras cutâneas e perímetro da cintura (PC), sendo calculado o IMC/idade e IMC, o percentual de gordura corporal e massa magra. Resultados: A média de idade das participantes foi de 23,3 (11,33), 25,8 (7,58) e 20,7 (9,52) anos, respectivamente. Para as adolescentes, 100% das bailarinas, 25% das praticantes de musculação e 80% das sedentárias foram classificadas como eutróficas segundo o IMC/idade. E para as adultas, 66,7% das bailarinas, 62,5% das praticantes de musculação e 50% das sedentárias, eutróficas segundo o IMC. De acordo com os resultados obtidos pelo perímetro da cintura, apenas 15,8% (n=6) apresentaram risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares, sendo 10% (n=2) praticantes de musculação e 22,2% (n=4) sedentárias. Já em relação a composição corporal, as bailarinas apresentaram um menor percentual de Gordura Corporal (%GC) e maior percentual de Massa Magra (%MM) quando comparados aos das praticantes de musculação e sedentárias. Conclusões: No presente estudo, as bailarinas apresentaram melhor estado nutricional antropométrico e melhor composição corporal, quando comparados aos demais grupos estudados, considerando os indicadores avaliados.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2257
Other Identifiers: 2012955425
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Estadonutricionalantropométrico_2016_Trabalho de Conclusão de Curso295,45 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.