Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2230
Title: Lima Barreto: Contos de Cor e Exclusão nas Primeiras Décadas do Século XX
Other Titles: Lima Barreto: Tales of Color and Exclusion in The First Decades of The Twentieth Century
Authors: Lima, Weberson de Aquino
Keywords: Lima Barreto;Preconceito;Séculos XIX e XX
Issue Date: 21-May-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LIMA, Weberson de Aquino. Lima Barreto: contos de cor e exclusão nas primeiras décadas do século XX. 2016. 72f. Trabalho de Conclusão de Curso ( Especialização em História e Cultura Africana e Afro-brasileira). Departamento de História do CERES - Campus de Caicó, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Caicó, 2016.
Portuguese Abstract: Afonso Henriques de Lima Barreto (1881-1922), neto de escravos, e filho de libertos, e para a maioria dos autores contemporâneos o primeiro autor brasileiro a se reconhecer e definir como literato negro, que rompeu os preconceitos do final do século XIX e inicio do Século XX e inovou a literatura brasileira com seu estilo e linguagem informal para a época. Lima Barreto pensava o Brasil a partir de seus contos sobre a vida nos subúrbios cariocas. Criou personagens essencialmente urbanos, do povo, onde na maioria das vezes denunciavam as injustiças e os preconceitos, uma espécie de laboratório para se compreender e pensar sobre os avanços sociológicos da uma sociedade pós-abolição, que neste mesmo contexto introduzia energicamente os discursos científicos raciais e o determinismo. Sob um olhar pré-moderno do ponto de vista histórico/literário temos nos contos do autor um reflexo de seu período e através deste reflexo é que é pretendido analisar e tentar entender como os personagens negros eram vistos e retratadas pelo autor e até onde as questões da cor viriam a interferir nas relações sociais.
Abstract: Afonso Henriques de Lima Barreto (1881-1922), the grandson of slaves and son of freedmen, and for and most contemporary authors the first Brazilian author to recognize and define as black literary, broke the prejudices of the nineteenth and early twentieth century and innovated Brazilian literature with his style and informal language at the time. Lima Barreto thought to Brazil from his tales about life in the Rio suburbs. He created essentially urban characters, where most of the time denounced the injustices and prejudices, a kind of laboratory to understand and think about the sociological advances in post-abolition society, in this same context energetically introduced racial scientific discourse and determinism. Under a pre-modern look of the historical / literary point of view we have the author of tales reflect his period and through this reflection are that it is intended to analyze and try to understand how black characters were seen and portrayed by the author and as far as the color of the issues were to interfere with social relationships of his characters.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2230
Other Identifiers: 2014223431
Appears in Collections:CERES - Especialização em História e Cultura Africana e Afro-brasileira

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_lima_barreto_contos_de_cor_e_exclusao_weberson.pdfArtigo de conclusão de curso415,42 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.