Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2114
Title: A argumentação oral como processo mediador na formação do leitor
Authors: Souza, Rayonnara Késsia de
Keywords: Mediação. Literatura. Argumentação. Ensino.
Issue Date: 19-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Rayonnara Késsia de. A argumentação oral como processo mediador na formação do leitor. 2015. 47f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia), Departamento de Fundamentos e Políticas da Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: “A argumentação oral na formação do leitor de literatura do ensino fundamental” faz parte do projeto “Do aprender ao ensinar a ler literatura e processos mediadores de professores no ensino fundamental: formar leitores, formando-se” (AMARILHA, 2014-2018/CNPq-PROPESq). Tem como objetivo refletir sobre as intervenções de pós-leitura que contribuem para o desenvolvimento da capacidade de argumentar durante a mediação de discussões de poemas. Argumentação é a atividade de comunicação que visa convencer alguém sobre determinado ponto de vista e faz parte da pós-leitura na aula de literatura no modelo por andaimagem. Tem como corpus 02 sessões de leitura de literatura, gravadas em vídeo, em que serão observados os procedimentos de argumentação. A leitura é desenvolvida por meio da leitura por andaime (GRAVES; GRAVES, 1995), procedimento que envolve: pré-leitura, leitura e pós-leitura; o nosso foco se situa no momento de pós-leitura, em que o professor deve desenvolver e atuar como coordenador das interações e da argumentação oral por intermédio de elaboração de perguntas que serão lançadas ao leitor/ouvinte, visando à discussão que resulte num debate com levantamento de tese e argumentos buscando uma maior compreensão do texto lido. Essa atividade é relevante na mediação da aula de literatura considerando-se a natureza conotativa do texto literário, que exige do leitor leitura inferencial. Para análise dos dados, tomamos como base teórica para leitura e literatura Smith (1989); Jouve (2002); Yunes (2003); Amarilha (2006; 2009; 2011); Zilbermam (1989). Argumentação, Evangelina (2004); Leal (2006); Lemgruber; Oliveira (2011); Perelman (2005); Freitas (2005). Mediação, Vigotsky (2000); Freire (1996). Tomando como fundamentos os estudos desses teóricos, percebemos nas análises das sessões que a mediação do professor na leitura de poemas foi primordial, principalmente por meio de um planejamento que se consolidou em perguntas adequadas, que favoreceram o surgimento de argumentos pelos aprendizes.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2114
Other Identifiers: 2011062364
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A argumentação oral como processo mediador na formação do leitor_Monografia_2015.pdf616,89 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.