Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2109
Title: Condições que favorecem a aquisição e a apropriação da língua escrita pelos alunos: um estudo desenvolvido em uma escola da rede pública de ensino de Caicó - RN
Authors: Araújo, Emanuela Marques de
Keywords: Alfabetização.;Aquisição da língua escrita.;Apropriação da Língua Escrita.;Letramento.
Issue Date: 10-May-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Portuguese Abstract: Estar alfabetizado de forma plena é condição necessária para a participação e interação do sujeito no contexto social contemporâneo. Ter o domínio da língua escrita e fazer uso das competências e habilidades da leitura e da escrita nas práticas sociais é um requisito que deve ser desenvolvido nos anos iniciais do Ensino Fundamental, pois, durante o desencadear dessa etapa de escolarização, os alunos precisam chegar ao final dos anos iniciais do Ensino Fundamental alfabetizados e letrados. Entretanto, essa situação ainda é desafiadora para a escola e para os professores, de modo especial, para o professor alfabetizador, tendo em vista que muitas crianças estão concluindo essa etapa da escolarização sem alcançarem o domínio pleno da língua escrita. Dessa forma, nossas principais intenções quando da apresentação desta escrita monográfica dizem respeito à descrição dos principais fatores que influenciam no processo de aquisição e apropriação da língua escrita pelos alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental, em uma escola pública da rede municipal de ensino de Caicó, no ano de 2016. Partimos para esse estudo da busca e compreensão das condições que propiciam aos sujeitos estarem alfabetizados e letrados procurando estabelecer a relação entre os processos de aprendizagem da criança, a ação do professor na escola e o papel da família no que concerne ao acompanhamento da criança. Com esse propósito, apoiamos nossas observações e constatações nos escritos de Magna Soares (2015), Emília Ferreiro (1995), Dermeval Saviani (2008), Fernando de Azevedo (1963), Base Nacional Comum Curricular (BNCC) (2016), Pacto pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) (2012, 2015), Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) (1996) e Parâmetros Curriculares Nacionais de Língua Portuguesa (PCN) (1998), bem como desenvolvemos um estudo empírico utilizando-nos da metodologia qualitativa, através dos instrumentos de observação e entrevistas. A partir desses estudos, concluímos que a formação do professor, em particular do docente dos anos iniciais do Ensino Fundamental, suas estratégias didático-metodológicas, o interesse do aluno e o acompanhamento da família na vida escolar das crianças são condições imprescindíveis para o desenvolvimento das competências e habilidades da língua escrita pelos alunos. Portanto, consideramos que esses fatores propiciam a aquisição e a apropriação da leitura e da escrita pelas crianças, de modo que façam uso dessas competências nas práticas sociais.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2109
Other Identifiers: 2012905610
Appears in Collections:CERES - Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Condições que favorece_Monografia_Araújo.pdf1.14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.