Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2105
Title: Fatores que influenciam na proporção de indivíduos imunes as reações hansênicas em pacientes diagnosticados com hanseníase no RN.
Authors: Rocha, Joyce Bezerra
Keywords: Reações hansênicas. Análise de sobrevivência com fração de cura. Modelo tempo promoção Weibull.
Issue Date: 11-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ROCHA, Joyce Bezerra. Fatores que influenciam na proporção de indivíduos imunes as reações hansênicas em pacientes diagnosticados com hanseníase no RN. 2015.40 f. Monografia (Graduação em Estatística) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Departamento de Estatística, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal. 2015.
Portuguese Abstract: O objetivo desta monografia é utilizar modelos de sobrevivência com fração de cura para identificar fatores que influenciam na imunidade a reações hansênicas de pacientes portadores de hanseníase. Os dados referem-se a um estudo retrospectivo realizado no Instituto de Medicina Tropical (IMT) da UFRN, entre os anos 2010 e 2013, na qual foram coletados os prontuários de 263 pacientes diagnosticados com hanseníase no Rio Grande do Norte. Para cada paciente foi contabilizado o tempo (em meses) entre o diagnostico da doença até a primeira reação hansênica. Tendo em vista que para alguns indivíduos esta reação não irá acontecer, foi considerado o estudo e ajuste de modelos de regressão para dados de sobrevivência que permitem a ocorrência de indivíduos imunes. Assim, o modelo de tempo de promoção Weibull foi usado para estudar a associação entre o tempo de reação e diversos fatores relacionados com as características dos indivíduos e classificações sobre o estágio da doença. Para ajustar este modelo aos dados foram obtidos estimadores de máxima verossimilhança e aplicados testes de hipóteses associados aos parâmetros deste modelo. O pacote flexcure (Silva, 2015) do software R foi utilizado para a obtenção dos resultados do ajuste. Como resultado, para cada grupo das combinações de fatores estatisticamente significativos no modelo, foram estimadas as fração de imunes ao evento de interesse.
Abstract: The purpose of this paper is using survival models with cure fraction to identify factors that influence the immunity to leprosy reactions in patients with leprosy patients. The data refer to a retrospective study conducted at the Institute of Tropical Medicine (IMT) of UFRN, between the years 2010 and 2013, which were collected the medical records of 263 patients diagnosed with leprosy in Rio Grande do Norte. For each patient was recorded the time (in months) between the diagnosis of the disease until the first leprosy reaction. Considering that for some individuals this reaction will not happen, it was considered the study and adjust regression models for survival data that allow the occurrence of immune individuals. Thus, the Weibull promotion time model was used to study the association between reaction time and many factors related to the characteristics of individuals and ratings on the stage of the disease. To adjust this model to data obtained maximum likelihood estimators and applied hypothesis tests associated with the parameters of this model. The flexcure package (Silva, 2015) of the R software was used to obtain the tuning results. As a result, for each group of combinations of statistically significant factors in the model, the estimated fraction of the immune event of interest.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2105
Other Identifiers: 2012973236
Appears in Collections:Estatística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IndividuosImunes_Rocha_2015.pdfMonografia2,53 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.