Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2078
Title: A estimulação essencial e o desenvolvimento de uma criança cega
Authors: Assis, Thayanne Erica Torres de
Keywords: estimulação essencial;cegueira;atividades;desenvolvimento;essential stimulation;blindness;activities;development
Issue Date: 12-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ASSIS, Thayanne Érica Torres de. Estimulação essencial e o desenvolvimento de uma criança cega. 2015. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia), Departamento de Fundamentos e Políticas da Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: A estimulação essencial em crianças de 0 a 5 anos com necessidades educacionais especiais é de suma importância, pois favorece o desenvolvimento cognitivo, afetivo, e psicossocial da criança. Por esse motivo, as atividades de estimulação essencial vêm ganhando cada vez mais foco, principalmente no tocante ao desenvolvimento da criança cega, porém ainda é notória certa escassez no tocante a socialização de estudos que discutam essa temática. Neste cenário, esse trabalha apresenta uma análise sobre a estimulação essencial desenvolvida com uma criança cega no Instituto de Educação e Reabilitação de Cegos de Natal – IERC-RN, com ênfase nas atividades desenvolvidas e como elas auxiliam no seu processo de desenvolvimento. Dessa forma, o objetivo geral deste estudo foi analisar em que medida a estimulação essencial possibilita o desenvolvimento de uma criança cega, tendo como base as atividades, os recursos ambientais físicos, tecnológicos, materiais e humanos em seu entorno. Para tanto, a abordagem metodológica utilizada, de natureza qualitativa, foi o estudo de caso, a luz dos princípios de Yin (2005) e Gil (2007). Os sujeitos da pesquisa foram a pedagoga da instituição responsável pelas atividades de estimulação essencial e uma criança cega com 2 anos e 8 meses de idade. Os instrumentos e procedimentos de pesquisa foram a observação, a entrevista semiestruturada e o diário de bordo. O processo e os dados da pesquisa foram analisados sob a ótica de Bardin (2011) tendo como base os autores lidos durante esse estudo, dentre eles: Bruno (1993); Rodrigues (2002); Farias (2004). Através da análise de conteúdo desenvolvida, permite-se compreender que a estimulação essencial é um processo favorecedor no desenvolvimento de uma criança cega. A motivação, o apoio familiar, e as atividades desenvolvidas são estímulos que ajudam no desenvolvimento cognitivo, perceptivo e motor. Desse modo, quanto mais cedo à criança cega for diagnosticada e atendida, mais cedo tornará seu desenvolvimento acelerado aumentando as possibilidades de interagir com o meio no qual vive permitindo assim um melhor relacionamento com os demais
Abstract: The essential stimulation in children aged 0 to 5 years with special educational needs is of paramount importance, since it favors the cognitive, affective, and child psychosocial. For this reason, the essential stimulation activities have been gaining more and more focus, particularly as regards the development of the blind child, but it is still notorious right scarcity regarding the socialization of papers that discuss this topic. In this scenario, this work presents an analysis of the essential stimulation developed with a blind child at the Institute for Education and Rehabilitation of the Blind Christmas - IERC-RN, emphasizing the activities developed and how they assist in their development process. Thus, the aim of this study was to analyze to what extent the essential stimulation allows the development of a blind child, based on the activities, physical environmental, technological, material and human in your surroundings. Therefore, the methodological approach, qualitative, was the case study, the light of the principles of Yin (2005) and Gil (2007). The research subjects were the pedagogue of the institution responsible for the essential stimulation activities and a blind child aged 2 years and 8 months old. Instruments and research procedures were observation, semi-structured interview and the logbook. The process and the survey data were analyzed from the perspective of Bardin (2011) based on the authors read during the study, including: Bruno (1993); Rodrigues (2002); Farias (2004). Through the developed content analysis, which allows to understand the essential stimulation is a process that favors the development of a blind child. The motivation, family support, and the activities are incentives that help in cognitive, perceptual and motor development. Thus, the sooner the blind child is diagnosed and serviced sooner make their accelerated development increasing the chances to interact with the environment in which it lives thus allowing a better relationship with others
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2078
Other Identifiers: 2013031080
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A estimulação essencial e o desenvolvimento de uma criança cega_Monografia_2015.pdf741.38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.