Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/2056
Título: Como os jovens compreendem a escola: o papel da escola sob a percepção de alunas do ensino médio
Autor(es): Costa, Jocileide da Silva
Palavras-chave: Papel da escola;Mulheres;Aprendizados escolares;Formação cidadã
Data do documento: 17-Dez-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: COSTA, Jocileide da Silva. Como os jovens compreendem a educação: o papel da escola sob a percepção dos alunos. 2015. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia), Departamento de Práticas Educacionais e Currículo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: O presente trabalho é resultado de uma pesquisa realizada com jovens de Queimadas, distrito de João Câmara/RN, localizado a 100 km de Natal. A pesquisa é de natureza qualitativa e foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas com cinco jovens mulheres que já concluíram a educação básica. As reflexões aqui estabelecidas estão também relacionadas com autores como Paulo César Carrano, Juarez Dayrell e Paulo Freire, entre outros que abordam a função da escola na sociedade e as dificuldades relacionadas à escola pelos jovens. O objetivo é conhecer o valor atribuído à escola por parte dessas jovens, considerando o processo formativo de cada uma, e a importância que atribuem às aprendizagens escolares para sua vida. Baseada nos dados das entrevistas, relaciono o papel da escola atribuído pelas jovens, com o papel da escola proposto nos documentos que norteiam a educação básica confrontando como realmente tem se desenhado o papel da escola na vida dessas jovens mulheres. Faço um levantamento das dificuldades que essas jovens enfrentam no que diz respeito ao acesso à continuidade da formação, ao acesso ao mercado de trabalho e à sua condição feminina, relacionando-as ao fato da função da escola não se concretizar. Assim, este trabalho, aponta que a escola tem deixado muitas lacunas a serem preenchidas, e que ocasionaram consequências nas perspectivas de realização de projetos futuros para as alunas, pois suas falas demonstram que não tem sido cumprido o que está proposto como função ideal de educação, de acordo com as legislações que determinam e orientam a formação escolar que é a formação integral (cidadã) do aluno e seu preparo para a vida e para o mercado de trabalho. Esse papel da escola também não vem sendo exercido de acordo com o que as alunas esperam dela, que é a capacitação para a inserção na Universidade.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/2056
Outros identificadores: 2011001313
Aparece nas coleções:Pedagogia (Presencial)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Como os jovens compreendem a escola_Monografia_2015.pdf633,28 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.