Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1984
Title: Efeitos potenciais do uso do solo sobre as comunidades de cianobactérias em 100 lagos do Rio Grande do Norte, Brasil
Other Titles: Potential Land Use Effects on Cyanobacterial Communities in 100 lakes in Rio Grande do Norte, Brazil
Authors: Silva, Angélica Albano de Souza
Keywords: Biovolume;Eutrofização;Bacia hidrográfica
Issue Date: 8-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Angélica Albano de Souza. Efeitos potenciais do uso do solo sobre as comunidades de cianobactérias em 100 lagos do Rio Grande do Norte, Brasil. 2015. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ecologia) Departamento de Ecologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: A eutrofização artificial é uma das principais ameaças à qualidade da água em todo o mundo por promover alteração física, química e biológica no ecossistema aquático. Os lagos e reservatórios podem sofrer o processo de eutrofização por fontes difusas de nutrientes que por sua vez podem ser afetadas pelo uso do solo (i.e., agricultura, urbanização, pecuária) da bacia de drenagem dos ecossistemas. Diferentes tipos de uso do solo podem ter diferentes efeitos sobre o ecossistema aquático e consequentemente sobre a comunidade fitoplanctônica. Por isso, entender a relação entre a paisagem e o corpo d’água é essencial para a manutenção da qualidade da água? Nossas perguntas foram: 1) O uso do solo afeta as concentrações e razões de nutrientes (N e P) e a transparência da água? 2) O uso do solo tem efeito significativo sobre os padrões de biovolume total e relativo das cianobactérias? 3) Há diferença entre as classes de uso do solo e a distância do corpo aquático sobre os efeitos do uso do solo na comunidade de cianobactérias? Foram determinadas 5 classes de uso antrópico do solo em nossas análises com buffers de 50 e 500m medidos a partir da margem de cada lago. A análise dos dados foi feita a partir de modelos lineares generalizados (GLM) com a seleção de modelos a partir do critério de informação de Akaike (AIC). Nossos resultados indicaram um efeito significativo do uso do solo sobre os nutrientes, mas não sobre o biovolume relativo de cianobactérias, o que sugere um efeito indireto do uso do solo sobre esse grupo. As variáveis limnológicas exibiram maior poder de explicação da variação no biovolume absoluto das cianobactérias em relação às variáveis do uso do solo, confirmando o efeito indireto existente. Não houve uma grande diferença entre as faixas de uso de solo, 50 e 500m, sugerindo que os efeitos podem ser sentidos em toda a bacia. Esse tipo de estudo é uma colaboração para o conhecimento entre a relação do ambiente aquático com o terrestre e para a gestão da qualidade da água
Abstract: Cultural eutrophication is one of the most important threats to the water quality wide world because it alters the quimical, biological e physical aspects of the lakes. Natural lakes and reservoirs receive loads of alloktone nutrients through anthropic activities such as agriculture and pasture, which accelerates the process of eutrophication. Different land uses can promote different effects on the entire aquatic system. Understanding the relationship between the waterbody and the landscape is essential to the management of water quality. We aimed to answer these following questions 1) Can land use affect the ratios and concentrations of nutrients (N and P) and the water transparency? Is there any difference between the types of land use and the buffers (50 and 500m)? 2) Can land use affect the patterns of cyanobacterial total and relative biovolume? 3) Is there any difference between the types of land use and the buffers? For this study, five types of anthropogenic land use were determined to two scales of distance around the lakes (50 and 500m). Generalized Linear Models (GLZ) and Akaike Information Criterion (AIC) were performed to analyze our data. Our results showed a significant effect of the land use on the nutrients but not on the cyanobacterial biovolume, what suggests an indirect effect of the land use on cyanobacteria via nutrients. Limnologic variables exhibited a greater explanation power on the cyanobacterial biovolume compared to the land use effects, underlining the indirect effect of the land use on cyanobacteria. There was no significant difference between the two zones of distance, suggesting that the effects of land use could be felt in the entire watershed. This study is important to support the knowledge about the relationship between the landscape and the waterbody
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1984
Other Identifiers: 2011031241
Appears in Collections:Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosPotenciais_Silva_2015.pdfMonografia 831,01 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons