Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1975
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorNascimento, Carlos Francisco do-
dc.contributor.authorNóbrega, Fabiana Silva da-
dc.date.accessioned2016-03-29T18:07:16Z-
dc.date.available2016-03-29T18:07:16Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier2008037258pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1975-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectRevista íntima nas penitenciáriaspr_BR
dc.subjectDignidade da pessoa humanapr_BR
dc.subjectSegurançapr_BR
dc.subjectMedidas alternativaspr_BR
dc.subjectUso da tecnologiapr_BR
dc.titleA revista intima no sistema penitenciário e o conflito com o princípio da dignidade da pessoa humanapr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Nascimento, Carlos Francisco do-
dc.contributor.referees2Torres, Saulo Medeiros-
dc.description.resumoDiante do quadro de insegurança que vive a sociedade, o anseio em encontrar respostas que justifiquem a violência, bem como soluções para combater este problema faz com que a sociedade, de forma geral, passe a acreditar que em prol do bem da coletividade alguns direitos e garantias individuais possam ser suprimidos. Dentro deste contexto, este trabalho traz uma abordagem a cerca da relação conflituosa entre segurança, revista intima no âmbito penitenciário e o princípio da dignidade da pessoa humana. No sistema prisional brasileiro é bastante comum a entrada de materiais ilícitos dentro das unidades, neste caso uma das formas que o Estado utiliza para coibir essa prática é através da revista corporal de familiares que visitam seus parentes nas prisões. Tal prática, quando realizada de forma vexatória acaba violando o principio da dignidade da pessoa humana. Dessa forma, pensar em estratégias alternativas à revista intima é uma meta a ser seguida por parte do Estado, já que este tem o dever de zelar pelas garantias individuais que foram dispostas na Constituição. Assim, o uso de instrumentos tecnológicos aliado a outros mecanismos, como serviço de inteligência e realização da revista intima só em presos, pode ser uma das soluções para o fim da revista íntima realizada em familiares que adentram as unidades prisionais com o objetivo de visitar seus parentes que se encontram detidos.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentBacharelado em Direitopr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Lima, Rogério-
Appears in Collections:CERES - Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARevistaÍntima_Nobrega_2012457,78 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons