Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1958
Título: A evolução da ciência econômica segundo Thomas Kuhn
Autor(es): Torres, Raphael Moreira
Palavras-chave: Thomas Kuhn;Revoluções Científicas;Paradigma;Scientific Revolutions;Paradigm
Data do documento: 2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: TORRES, Raphael Moreira. A evolução da ciência econômica segundo Thomas Kuhn. 2015. 68 f. Monografia (Bacharelado) - Curso de Economia, Departamento de Economia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: O presente estudo busca analisar a evolução da ciência econômica à luz do método analítico proposto por Thomas Kuhn. Diante desta perspectiva, se desenvolve um questionamento que norteia o trabalho em pauta, ou seja, o progresso da ciência econômica pode ser explicado através das revoluções científicas de Thomas Kuhn? A estratégia metodológica utilizada para o desenvolvimento deste trabalho foi o método qualitativo, alicerçado em uma revisão da literatura relevante, assim como um embasamento teórico moldado nos pensamentos dos principais teóricos da ciência econômica, tais como: Adam Smith, David Ricardo, Jean Baptiste Say, Thomas Malthus, John Stuart Mill, Willian Stanley Jevons, Carl Menger, Léon Walras, Alfred Marshall, John Maynard Keynes, Michael Kalecki, Robert Lucas e Thomas Sargent. A partir da análise das teorias discorridas nos capítulos que se seguem, foi possível considerar que, o modelo analítico denotado pelo autor pode descrever a trajetória de todos os paradigmas na ciência econômica, sendo o paradigma keynesiano o que se aproxima mais dos termos descritos nas revoluções científicas de Thomas Kuhn.
Abstract: This study seeks to analyze the evolution of economics in the light of the analytical method proposed by Thomas Kuhn. Given this perspective, it develops a question that guides the work at hand, namely the progress of economics can be explained through scientific revolutions of Thomas Kuhn? The methodological strategy used to develop this work was the qualitative method, based on a review of the relevant literature, as well as a theoretical background shaped the thoughts of the main theorists of economics, such as Adam Smith, David Ricardo, Jean Baptiste Say, Thomas Malthus, John Stuart Mill, William Stanley Jevons, Carl Menger, Leon Walras, Alfred Marshall, John Maynard Keynes, Michael Kalecki, Robert Lucas and Thomas Sargent. From the analysis of the theories elaborated upon in the chapters that follow, we could consider that the analytical model of scientific revolutions denoted by Thomas Kuhn has great similarity with the trajectory of the various paradigms of economics.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1958
Outros identificadores: 2010079975
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Aevoluçãodaciênciaeconômica.pdf507,28 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons