Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/1856
Title: A excitação do corpo sensível: O voo da liberdade e a cura
Other Titles: The excitement of the sensitive body
Authors: Araújo, Allan Phyllipe Gomes Cassemiro de
Keywords: Corpo Sensível; Excitação; Teatro-Laboratorial; Arquétipo.;Sensitive body; Excitement; Theater-Lab; Archetype.
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Allan. Carnaval da Socialidade: Os cão, um Eterno Mascarado em Redinha. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso – Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Natal, RN. BACHELARD, Gaston. A Água e os Sonhos: Ensaio Sobre a Imaginação da Matéria. São Paulo, SP: Martins Fontes, 1997. BARBA, Eugenio; SAVARESE, Nicola. A Arte Secreta do Ator: Um Dicionário de Antropologia Teatral. São Paulo, SP: É Realizações, 2012. CAMPBELL, Joseph. O Poder do Mito. São Paulo: Palas Athena, 1990. DAMASIO, António R. O Erro de Descartes: Emoção, Razão e o Cérebro Humano. São Paulo, SP: Editora SCHWARCZ S.A., 1994. DUARTE JR, João-Francisco. O Sentido dos Sentidos: A Educação (do) sensível. Curitiba, PR: Criar Edições LTDA, 2001. ELIAS, Norbert; DUNNING, Eric. The Quest for Excitement in Unexciting Societies: A Busca da Excitação no Lazer. In: Conferência Anual da British Sociological Association. N° 2. Londres, 1967. FEINSTEIN, David & KRIPPNER Stanley. Mitologia Pessoal: a psicologia evolutiva do self. São Paulo: Cultrix, 1992 FERRACINI, Renato. A Arte de Não Interpretar Como Poesia Corpórea do Ator. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2003. GROTOWSKI, Jerzy. Para um Teatro Pobre. 2ª Ed. Brasília, DF: Teatro Caleidoscópio & Editora Dulcina, 2011. ¬¬¬¬¬¬___. Jerzy; POLASTRELLI, Carla; FLASZEN, Ludwik. O Teatro Laboratório de Jerzy Grotowski 1959-1969. São Paulo, SP: Perspectiva: SESC, 2007. HADERCHPEK, Robson Carlos. “Teatro, Comunidade e Universo Simbólico: O Encontro das Águas”. In Revista ILINX - Revista do Lume – Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais – Unicamp. Campinas: Cocen, 2012. ___. “Teatro, Ritual e Liminaridade: O Processo de Criação do Espetáculo Aboiá”. In I Colóquio Internacional Interfaces do Imaginário: Educação Cinema e Religião – Anais do Colóquio. João Pessoa: Editora UFPB, 2013. ___. “Aboiá: Teatro-Ritual e Física Quântica”. In Memória ABRACE Digital: Anais da VII Reunião Científica da ABRACE - Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas, no GT Processos de Criação e Expressão Cênica, 2013. ___. Currículo do Sistema Currículo Lattes. [Brasília], 18 jan. 2016. Disponível em: <http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4762078U3>. JUNG, Carl Gustav. Os Arquétipos e o Inconsciente Coletivo. 11° Ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2014. LYRA, Luciana. Unaluna: Pesquisa e Criação em Arte. 13 jan. 2016. Disponível em: <http://www.unaluna.art.br/.>. MARIZ, Adriana Dantas de. A Ostra e a Pérola: Uma Visão Antropológica do Corpo no Teatro de Pesquisa. São Paulo, SP: Perspectiva, 2008. MARQUES, Mariana Garcia. Consciência Corporal: O que é?. Revista Ensaio Geral. Belém, PA. V. 1, n. 1, 2009. ROCHA, Ruth. Minidicionário. São Paulo, SP: Editora Scipione: 1996. TURNER, Victor W. O Processo Ritual: Estrutura e Anti-Estrutura. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 1974. XIMENES, Sérgio. Minidicionário Ediouro. Rio de Janeiro, RJ: Ediouro, 2000.
Portuguese Abstract: O presente trabalho busca compreender a construção de um corpo sensível a partir de uma prática laboratorial desenvolvida através das minhas vivências no Arkhétypos Grupo de Teatro e na disciplina de Atuação III. É feito um breve levantamento histórico acerca das transformações que o Arkhétypos viveu ao longo sua existência e são analisadas as diferenças e similaridades entre os quatro espetáculos elementares: água, terra, ar e fogo. Através de uma pesquisa sobre as minhas vivências no Grupo e através de uma investigação sobre o meu próprio corpo reflito sobre minha descoberta pessoal.Tais reflexões foram fundamentadas a partir da busca de um corpo sensível e ancoradas nos autores João Francisco Duarte Junior; Jerzy Grotowski e Robson Haderchpek. Utilizo também ao longo desta reflexão os meus diários de bordo e discorro sobre as três principais técnicas que me levaram a compreender este estado sensível do corpo.O estudo foi pensado numa perspectiva que dialoga a teoria e a prática chegando-se a uma definição de corpo sensível que se expressa através da libertação do ser enclausurado, um ser que usa suas excitações para fazer vibrar neste corpo cênico uma emoção memorial libertaria mundo.
Abstract: This paper seeks to understand the construction of a sensitive body from a laboratory practice developed through my experiences in Arkhétypos Theater Group and in the class of Atuação III. It is made a brief historical survey about the transformations that Arkhétypos lived throughout their existence and the differences and similarities are analyzed between the four elementary performances: water, earth, air and fire. Through a survey about my experiences in the Group and through an investigation of my own body I reflect on my personal discovery. Such reflections were based from the search for a sensitive body and anchored the authors João Francisco Duarte Junior; Jerzy Grotowski and Robson Haderchpek. I use also throughout this reflection my logbooks and I write about the three main techniques that led me to understand this sensitive state of the body. The study was designed with a view that dialogues theory and practice for coming to a definition of the sensible body that is expressed through the liberation of the be human enclosed, a being who uses his excitement to vibrate in this body scenic one memorial emotion deliver world.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1856
Other Identifiers: 2010081781
Appears in Collections:Teatro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia-Allan-FINAL.docxArtigo principal657,87 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons